publicidade

Agave: tire dúvidas sobre esse adoçante natural

O extrato dessa planta pode substituir o açúcar

Por Ana Maria Madeira - publicado em 10/11/2010


Uma planta de origem mexicana tem sido bastante comentada devido a seu extrato, que pode ser um bom substituto do açúcar. Seu nove é agave, uma planta suculenta, que é matéria-prima para a fabricação de uma bebida destilada, a tequila. Seu extrato tem coloração amarela clara, odor agradável e textura mais suave que o mel. A nutricionista Flávia Morais explica que a substância presente no extrato líquido do agave (como costuma ser vendido) responsável pelo gosto doce é a frutose, o mesmo tipo de açúcar encontrado nas frutas.

Mas quais são as vantagens desse extrato em relação ao açúcar? Nesse comparativo, o agave ganha por ter menos calorias e adoçar mais, sendo indicado para quem quer substituir o açúcar, e até mesmo o adoçante, por uma opção mais saudável. "Ele é melhor que o açúcar, pois não é um alimento refinado, é orgânico, ou seja isento de contaminação química e tem menor índice glicêmico (relacionado ao nível de açúcar no sangue), além de ser digerido mais devagar que o açúcar, portanto não sobrecarrega o pâncreas", segundo Flávia. Além disso, não contém glúten, nem lactose. O açúcar comum, ou seja, o refinado, recebe adição de gás sulfídrico e outras substâncias químicas para ficar com a coloração branca (pois, inicialmente, ele é marrom).


Cuidado, diabéticos!

Doces

Nesse processo, o açúcar perde vitaminas e sais minerais, sendo de valor nutricional bastante baixo. Além disso, a maioria dos adoçantes vendidos no mercado é composta de edulcorantes artificiais, substâncias químicas que, em excesso, podem causar danos à saúde.

A nutricionista Fernanda Machado Soares diz que o maior perigo dos adoçantes artificiais é o aumento das chances de câncer do intestino, pois sua composição quimicamente alterada reage com substâncias do intestino, favorecendo o surgimento de tumores. O agave, apesar de ter menos calorias que o açúcar comum, tem bem mais que os adoçantes, possuindo 33 kcal a cada 20g (contra 77kcal do açúcar refinado e quase zero dos adoçantes sintéticos). 

Entretanto, existem algumas ressalvas para o consumo do agave: quem sofre com o diabetes não deve consumi-lo, devido ao alto teor de frutose, o que faz com que, nesse sentido, seja tão perigoso quanto o mel. A nutricionista Fernanda Machado Soares recomenda a stevia - outro adoçante natural, para os diabéticos. "Além de ser mais doce que o açúcar, pode ser consumido a vontade por todos", diz a especialista.


 

Saiba como usar o agave, seguindo as recomendações da nutricionista Flávia Morais: como adoçante, a cada 250ml de suco substitua uma colher de sopa de açúcar (15g) por uma colher de sobremesa de extrato de agave (10g).

O agave também atua como potencializador de sabor, realçando o sabor de outros ingredientes, como frutas e cereais. Uma dica é amassar a banana ou cozinhar maçãs e peras e adoçar com um fio de extrato de agave. O extrato ainda pode ser usado no dia a dia para adoçar cafés, chás, assim como sobremesas, waffles, pães, panquecas, bolos e outras receitas. 


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X