Entenda o hipotireoidismo, doença que tirou o Fenômeno dos campos

Problema que atinge tireóide foi apontado por Ronaldo pelo seu excesso de peso

ARTIGO DE ESPECIALISTA - ATUALIZADO EM 15/02/2011

Roberta Stella
Nutrição - CRN 9788/SP
especialista minha vida

Após anunciar sua aposentadoria, o atacante Ronaldo disse que o seu excesso de peso e a falta de forma, que ficaram bastante evidentes nos últimos anos de sua carreira, foram causados pelo hipotireoidismo. Com isso, essa doença que desregula os níveis de hormônios produzidos pela tireóide, uma glândula muito importante para regular o nosso metabolismo, entrou e pauta. É importante deixar claro qual é a relação do hipotireoidismo com o aumento de peso, e como a alimentação balanceada pode ajudar a controlar o peso de pessoas que sofrem com essa doença.

O que acontece

O metabolismo lento, ou hipotireoidismo, não é responsável pelo elevado ganho de peso. O ganho de peso observado em pessoas que possuem essa doença estará entre três a cinco quilos e, normalmente, não há aumento de gordura corporal, mas sim retenção hídrica (acúmulo de líquidos no organismo). Por isso, um aumento visível em nosso peso dificilmente será causado pelo hipotireoidismo. A presença do hipotireoidismo, normalmente, não explica um ganho maior de 10 quilos ou ganho de 5% a 10% do peso corporal anterior do desenvolvimento da doença.

O ganho excessivo de peso em pessoas que apresentam metabolismo lento está associado a diversos motivos, sendo o principal fator os hábitos alimentares não saudáveis

Causas do ganho de peso

O ganho excessivo de peso em pessoas que apresentam metabolismo lento está associado a diversos motivos, sendo o principal fator os hábitos alimentares não saudáveis, como escolhas inadequadas e quantidades excessivas de alimentos. Com o metabolismo desacelerado pelo hipotireoidismo, fica mais fácil ver os efeitos que uma má alimentação traz a nosso corpo. O que acontece na verdade é que a pessoa já possuía maus hábitos alimentares, mas só há um ganho de peso sensível quando a pessoa desenvolve a doença.

Após o tratamento do hipotireoidismo, que é feito na maioria das vezes a partir de remédios que controlam os hormônios, o peso deve voltar ao normal, pois o inchaço não será mais observado. Se o peso não voltar ao anterior, provavelmente, ele é decorrente do excesso alimentar e da falta de hábitos saudáveis.

O esforço que se observará para emagrecer deverá ser o mesmo que se tinha antes do desenvolvimento do hipotireoidismo. Deverão ser adotados hábitos alimentares e de estilo de vida saudáveis e adequados para que haja a eliminação de peso desejada.