Perder peso por meio de uma dieta saudável pode eliminar sintomas da menopausa

Estudo recomenda manter uma alimentação rica em frutas, vegetais e cereais

POR MINHA VIDA - PUBLICADO EM 12/07/2012

Um estudo publicado no periódico Menopause aponta que a perda de peso decorrente de uma dieta com baixo teor de gorduras e rica em frutas e vegetais pode ajudar a reduzir ou eliminar os sintomas da menopausa, como ondas de calor e suores noturnos. A análise foi realizada pelo Kaiser Permanente Division of Research, nos Estados Unidos.

Descubra seu peso ideal

Sua meta de peso é saudável?

A pesquisa contou com a participação de 17.473 mulheres com idades entre 50 e 79 anos. Todas foram acompanhadas durante cinco anos. Segundo os autores, este é o primeiro estudo que relaciona o emagrecimento à melhora dos sintomas da menopausa.

Os autores descobriram que as participantes que emagreceram pelo menos 4,5 quilos - e que não faziam terapia hormonal - diminuíram ou simplesmente deixaram de ter sintomas típicos da menopausa. A dieta dessas mulheres foi apontada como sendo mais rica em cereais integrais, frutas e vegetais.

Uma possível explicação seria o fato de a gordura corporal poder dificultar a perda de calor. Nesse caso, o organismo tenta baixar a temperatura por meio das ondas de calor e do suor. Por isso, é fundamental que a perda de peso seja a perda de gordura e não a diminuição da massa magra.

Muitas mulheres sentem ondas de calor e suores noturnos antes ou depois da menopausa, devido ao declínio dos níveis de estrogênio no organismo. Embora o mecanismo ainda não tenha sido completamente compreendido, acredita-se que interações hormonais têm alguma influência sobre a região do hipotálamo do cérebro, que regula a temperatura corporal e controla as glândulas sudoríparas, entre outras funções.

Alimentos que amenizam os sintomas da menopausa

Ondas de calor, suores noturnos, ganho de peso, insônia e irritabilidade são sintomas característicos do período da menopausa, mas podem ser combatidos com os seguintes alimentos:

1. Soja
A soja é rica em isoflavonas, um fitoquímico capaz de atenuar os sintomas do fim da fertilidade por participar da produção, do metabolismo e da ação dos hormônios sexuais. Assim, as isoflavonas atuam como substituto do estrógeno, hormônio que sofre declínio durante a menopausa.

2. Salmão
Alimentos ricos em magnésio, como o salmão, o atum, nozes, castanhas e amêndoas, também são essenciais no cardápio de quem está na menopausa. A deficiência deste mineral no organismo resulta em fadiga e carência de enzimas envolvidas na produção de energia, sintomas comuns nesse período.

3. Sardinha e aveia
Estes alimentos são ricos numa substância chamada coenzima Q10, antioxidante envolvido com o processo de produção energética no nosso organismo. Naturalmente, o nível de coenzima Q10 diminui com a idade e sua suplementação aumenta a energia, reduz a fadiga, fortalece o sistema imunológico e até melhora a textura da pele.

4. Chá branco
Para reduzir o ganho de peso típico do período da menopausa, nada melhor do que o chá branco. Rico em catequinas, ele tem um efeito antioxidante que potencializa o funcionamento hepático, eliminando toxinas do organismo e acelerando o metabolismo basal, que auxilia no controle do acúmulo de gordura visceral.

Seu peso dos sonhos é ideal para você?

Responda a avaliação e descubra se seu peso atual e sua
meta de emagrecimento são saudáveis.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não