A importância dos alimentos nutricionais

Eles estão associados a diminuição dos riscos de doenças crônicas

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 28/09/2007

Dr. Filippo Pedrinola
Endocrinologia e Metabologia - CRM 62253/SP
especialista minha vida

São aqueles alimentos que contêm substâncias ou nutrientes que fornecem benefício à saúde, seja como prevenção ou tratamento de doenças. De maneira geral, os alimentos funcionais são considerados promotores de saúde e podem. Isso ocorre porque em sua composição são encontrados compostos bioativos, capazes de atuar como moduladores dos processos metabólicos, prevenindo o surgimento precoce de doenças degenerativas. Dessa forma, está cada vez mais claro, que existe uma relação entre os alimentos que consumimos e nossa saúde.

Exemplo de alimentos funcionais com eficácia comprovada:

Soja: Possui fitoestrogenos como as isoflavonas (principalmente genisteína e
dadzeína), que reduz o mau colesterol (HDL) e os triglicérides, e aumenta o LDL. Além de prevenir contra vários cânceres, como os de mama, colo do útero, estomago, reto e próstata e controlar os sintomas da menopausa. O molho de soja e o óleo de soja não contêm isoflavonas.

Alho: Possui vários fitoquímicos como alicina, compostos sulfurados e


outros. Tem ação antiinflamatória e ajuda no controle de colesterol, além de possuir atividades antivirais, antiparasitárias, antibacterianas e antifúngicas. Muitos estudos também têm demonstrado a ação hipotensora, antiplaquetária e hipoglicemiante do alho. Os compostos ativos do alho são sensíveis ao calor.

Cebola: Além dos compostos que têm no alho, a cebola possui uma substância chamada glucoquinina, uma espécie de insulina natural, ajudando no controle da diabetes.

Tomate: É rico em licopeno, um antioxidante com propriedades anticancerígenas, e também em carotenóide, responsável pela cor vermelha. Assim como o tomate, a goiaba vermelha, a melancia, e a pitanga também possuem licopeno. Cozido, o tomate tem potencia ainda maior.

Brócolis, repolho, couve, couve-flor, couve de bruxelas e nabo: Alimentos que pertencem à família das crucíferas, que além de terem altos valores nutricionais, têm propriedades funcionais anticancerígenas devido à presença dos fitoquímicos glicosinolatos.

Peixes: Possuem o ácido graxo ômega-3, que atuam na prevenção e controle do bloqueio de artérias, evitando tanto a trombose coronária quanto a cerebral.

Chá verde: Além de ser rico em vitamina k, ele possui compostos polifenólicos antioxidantes, como catequinas e flavóides, que ajudam na prevenção do envelhecimento, na redução do câncer de estômago e aumentam o gasto energético.


Uva e Vinho: Possuem um composto fenólico chamado resveratrol. Esta substância é produzida pelas videiras para proteger as uvas contra infecção por fungos, sendo que a maior quantidade de resveratrol é encontrada nas uvas vermelho-roxas escuras, consequentemente nos vinhos tintos. Há ainda substâncias como a luteonina e a quercitina, que também têm grande ação

antioxidante e protegem o coração.

Alcachofra e chicória: Possuem uma substância chamada inulina, que tem a ação de favorecer o crescimento das boas bactérias no intestino, principalmente as bifidobactérias e lactobacilos, sendo, portanto chamada de prebiótico.

Leguminosas: Possuem baixo teor de gordura e são excelentes fontes de proteínas, fibras, vitaminas, minerais e fitoquímicos como saponinas, isoflavonas e frutooligossacarídeos, com propriedades funcionais de antioxidantes e anticancerígenos.

imentos podem ser consumidos pela maioria das pessoas, mas desde que sejam respeitados possíveis problemas individuais, por exemplo: pacientes com ácido úrico aumentado não podem exagerar na ingestão de peixes. A dor de cabeça da enxaqueca pode sim ser desencadeada por alimentos, como queijos e chocolates devido à presença de uma substância chamada TIRAMINA e há sim vários quadros clínicos causados por alergia à lactose do leite de vaca ou à caseína, onde os sintomas geram desconforto abdominal, com muita distensão e em crianças pode ser responsável por otites.

Para descobrir se estamos consumindo alimentos que não se adaptam ao nosso organismo, uma consulta médica pode ser bastante útil e também existem testes de alergia que podem ser feitos em laboratórios. Os médicos capacitados para esta avaliação são: imunologista, endocrinologista e gastroenterologista (de preferência o que fez especialização em nutrologia).

ALIMENTOS

PRÓS

CONTRAS

Soja

Melhora o colesterol
Previne câncer
Melhora sintomas de menopausa

Não há, a não ser pelo gosto que alguns não aprovam

Leite

Ótima fonte de cálcio e proteínas

Intolerância à lactose
alergias


Pão integral

Rico em fibras, auxilia no funcionamento intestinal
Boa fonte de energia (carboidrato)

Intolerância ao glúten(Doença Celíaca)

Peixe

Boa fonte de proteínas e ômega 3 que faz bem ao coração

Ácido úrico elevado
alergias


Tomate

Rico em licopeno que é anti-oxidante e ajuda a prevenir câncer de próstata

Acidez gástrica

Grãos integrais

Ótimas fontes de proteína e minerais, além de fibras

Fermentação intestinal



Você já aliou uma alimentação balanceada a um tratamento médico?



Este conteúdo ajudou você?
Sim Não