PUBLICIDADE

Adote hábitos que espantam a fome

Descubra quais erros alimentares fazem seu estômago roncar mais cedo

Quando você nota, já está atendendo os roncos do seu estômago, sem nem se perguntar a quanto tempo fez a última refeição. Não respeitar o intervalo recomendado entre as garfadas dos pratos principais e dos lanches intermediários, no entanto, é uma furada para sua dieta. (Clique aqui, faça sua avaliação nutricional gratuita e descubra qual seu peso ideal e as dietas indicadas para você chegar lá)


O intervalo ideal entre as refeições é de, no mínimo, três horas , aponta Roseli Rossi, especialista da Clínica Equilíbrio Nutricional. O tempo é suficiente para que a fome não se acumule, evitando as chances de um descontrole alimentar ser cometido, e também para que você não passe o dia beliscando, somando muitas calorias. O que fazer, então, quando a fome bate antes deste período? (Petiscar entre as refeições arrasa sua dieta)

Primeiro, é preciso identificar onde você está tropeçando e fazendo a fome reaparecer antes da hora. Depois disso, aposte em hábitos que prolonguem sua sensação de saciedade e faça sua dieta render bons resultados.

Pequenos tropeços, fome de leão
Mesmo seguindo o cardápio da dieta à risca, alguns deslizes bobos pelo meio do caminho se transformam em atalho certeiro para a fome voltar mais cedo. Leia abaixo como algumas falhas podem passar despercebidas.


Dividir a atenção da comida com outras tarefas
Você aproveita a hora das refeições para ler um livro, navegar pela internet ou assistir à TV? Pois este pode ser um dos motivos para você ficar faminto pouco tempo depois da refeição. Roseli explica: na hora de comer, é importante prestar atenção ao que está ingerindo. Mastigue bem e devagar para sentir a textura e o sabor de cada alimento. Assim, o cérebro recebe informações que contribuem para acionar o centro da saciedade. Isso faz com que você se satisfaça com porções menores de alimentos .


Fibras em baixa
Encontradas nas verduras, frutas e cereais, as fibras, em particular as solúveis, contribuem para que a sensação de saciedade apareça mais rápido e dure por mais tempo. As fibras têm capacidade de absorver água e formar uma espécie de gel, tornando o esvaziamento gástrico mais lento e prolongando a saciedade , esclarece a nutricionista. O contrário, porém, acontece quando o menu é pobre em fibras. Roseli conta que alimentos com pouca ou nenhuma fibra são caracterizados pela rápida absorção, fazendo com que a fome retorne em menos tempo. (Mate a vontade de comer bobagem sem engordar)


Refeições com suco ou refrigerante
Exagerar nos copos de suco ou refrigerante enquanto come provoca uma sensação de estufamento momentânea. Além de não consumir a quantidade adequada de alimentos, sentindo a fome volta mais depressa, você ainda dificulta o processo digestivo. Caso você não consiga dispensar as bebidas durante as refeições, limite-se a um copo.

Apetite controlado pelos sentimentosAlguns fatores psicológicos, como ansiedade e depressão, podem ocasionar compulsões alimentares , diz Roseli Rossi. Deixando os sentimentos controlarem seu apetite, você dá brecha para um descontrole alimentar, consumindo, normalmente, alimentos de baixa qualidade nutricional e alto valor calórico, como os doces. Tais alimentos são isentos de fibras e compostos por carboidratos simples. Ou seja, são alimentos de rápida absorção. Assim, o melhor a fazer é buscar restabelecer o equilíbrio emocional , aconselha a especialista.


Beliscadas em cima de beliscadas
O hábito de sempre querer algo para mastigar se transforma em um ciclo vicioso. A vontade de beliscar a toda hora surge quando você não se alimenta adequadamente nas refeições determinadas ou quando alimentos de baixa qualidade nutricional fazem parte do seu cardápio. O fato de beliscar o dia todo faz com que você perca a noção da quantidade do que consome e estimula cada vez mais a vontade de comer , alerta a especialista da Clínica Equilíbrio Nutricional. (13 maus hábitos que azaram sua dieta)


Prolongando a saciedade

Além de abandonar os maus hábitos, você também pode lançar mão de alguns truques alimentares que fazem a saciedade durar por mais tempo. Segundo Roseli, o primeiro passo para respeitar o intervalo mínimo de três horas entre as refeições é fracionar a alimentação diária. Um menu balanceado é dividido em cinco a seis refeições por dia.


As refeições devem ser feitas, de preferência, nos mesmos horários para acostumar o organismo à determinada rotina. Assim, você passará a sentir fome sempre em determinadas horas , dá mais um conselho a nutricionista. Sabendo os horários em que a fome bate, é mais difícil ser pego de surpresa. Roseli recomenda ter lanches saudáveis, como barrinhas de cereais, frutas, frutas secas e biscoitos integrais, sempre às mãos. (Frutas secas versus frutas in natura)


Para acalmar os sentimentos que podem levar à compulsão alimentar, a especialista indica a prática de atividades físicas. Além de queimar calorias, os exercícios promovem bem-estar, afastando a ansiedade e a depressão.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)