PUBLICIDADE

Mantenha seu cardápio longe dos mitos

Saiba reconhecer as balelas que rondam a boa alimentação

Para fazer a dieta dar certo, você conta com um cardápio equilibrado e aproveita para investir em alguns macetes. Velhos truques que rodeiam a rotina alimentar de quem tem uma meta de emagrecimento, no entanto, não passam de mito. E pior: além de não funcionar, recorrer a tais hábitos pode atrapalhar o regime. Quem alerta é a responsável pela equipe nutricional do Minha Vida, Roberta Stella. A seguir, a especialista aponta tudo o que você faz de errado ao seguir uma dieta, pensando estar agindo da maneira certa. (Faça uma avaliação nutricional gratuita e descubra se você está no peso ideal )Mito 1: Jantar antes das 18h acelera o emagrecimento
Quem segue este conselho acredita que o metabolismo é mais lento na parte da noite e, por isso, acha que o melhor a fazer é evitar calorias nesse horário. À noite, o metabolismo realmente é mais lento. Mas isso não quer dizer que é preciso cortar o jantar do cardápio ou fazer a refeição mais

cedo , garante Roberta. (Jante bem, tenha um sono tranqüilo e ainda emagreça).

Segundo a nutricionista, o ganho de peso acontece por causa do excesso de calorias ingeridas durante o dia. Se houver uma distribuição adequada das calorias entre as refeições do dia, dá para fazer um jantar tradicional, contendo arroz, feijão, legumes, verduras e carnes tranquilamente , completa.

O perigo apontado pela especialista, porém, gira em torno das pessoas que jantam e se deitam logo em seguida. Caso este seja seu caso e você não possa evitar a situação, opte por um jantar mais leve. A especialista aconselha a montar um prato com verduras, legumes cozidos e carnes magras grelhadas, deixando as gorduras e os excessos de lado. (Mantenha sua salada protegida dessa avalanche de calorias)


Mito 2: Boicote aos carboidratos

Tentando economizar calorias, os adeptos desse mito tentam cortar todas as fontes de carboidratos do cardápio. O fato é que a maioria dos alimentos contém o nutriente. Restringir os carboidratos resulta em uma alimentação monótona. Variar os alimentos é fundamental para a obtenção de todos os nutrientes fundamentais para o organismo , diz Roberta Stella. (Sinal verde para os carboidratos). A nutricionista do Minha Vida ressalta que se o objetivo é emagrecer com saúde, os carboidratos não podem sair de cena. De acordo com ela, controlar o tamanho das porções e a freqüência com que elas são ingeridas é garantia de quilos perdidos sem prejuízos ao organismo.



Mito 3: Fazer dieta é sinônimo de contar calorias
Você está certo ao dar importância às calorias. Afinal, elas indicam a energia dos nutrientes contidos nos alimentos. O erro se esconde atrás do valor exagerado que você dá a elas. Para eliminar os quilos a mais de forma saudável, não dá para avaliar só o valor calórico do seu menu. (Traduza os rótulos e escolha bem os alimentos)

Roberta frisa que basear-se somente na quantidade de calorias pode levar ao consumo de alimentos nem sempre saudáveis. Com substituições feitas a partir das calorias, dá para respeitar o valor calórico da dieta, mas pode haver uma grande ingestão de doces e gorduras, por exemplo, prejudicando o balanceamento dos nutrientes . O resultado é uma dieta deficiente em fibras, importantes para o bom funcionamento do intestino, cálcio, responsável pela saúde dos ossos, e substâncias antioxidantes, que previnem danos celulares.


Mito 4: Deslizes de final de semana são inofensivos

Acreditar que seguir o cardápio da dieta com afinco durante a semana é suficiente, não passa de armadilha, segundo a especialista do Minha Vida. Desfrutar os finais de semana esquecendo o peso na consciência faz com que os hábitos alimentares corretos não façam parte da sua rotina, principalmente quando você está nas primeiras lições da reeducação do seu estômago. (Acerte nos primeiros passos da dieta)

Dependendo do excesso cometido, a pessoa compromete todo o esforço feito nos dias de semana , cita mais um inconveniente para quem leva o mito a sério. Roberta aconselha a manter um cardápio equilibrado constantemente, seja qual for seu objetivo de peso. Excesso alimentar só é permitido se for bem esporádico , ressalta.


Mito 5: Ficar em jejum emagrece

O jejum, além de levar ao acúmulo da fome, quando feito freqüentemente e com uma restrição excessiva de calorias, faz com que o organismo se adapte à situação, tornando mais difícil a eliminação de peso , informa Roberta Stella a quem ainda acha que a melhor medida para emagrecer é não comer. (Ficar só na sopa, chá, shake ou proteína arrasa sua dieta).

Ela explica que a restrição deverá ser cada vez maior para que a perda de peso aconteça. Isso torna a dieta altamente restritiva e desestimulante, levando ao abandono do objetivo. O ideal é que a alimentação contenha de 5 refeições para que os alimentos sejam distribuídos durante o dia, fornecendo os nutrientes importantes para o organismo .



texto6Ds



NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)