Saiba preparar uma lancheira saudável para seu filho

Em vez de dar dinheiro para a cantina, prepare surpresas a cada dia

POR MINHA VIDA - ATUALIZADO EM 07/02/2011

As férias chegaram ao fim e a dúvida sobre o que colocar na lancheira dos pequenos ronda a cabeças das mães que prezam uma alimentação saudável. Normalmente, as cantinas das escolas apresentam como principais atrativos salgadinhos, balas, sorvetes, hambúrgueres e refrigerantes. Opções saborosas, mas que levam nota zero quando o assunto é saúde já que o consumo desses alimentos, aliado à falta de exercício físico, contribui para o aumento da obesidade infantil.

De acordo com Andréa Esquivel, nutricionista clínica especialista em alimentos funcionais, o uso de lanches com geléias é uma boa sugestão para substituir alimentos gordurosos como manteiga e requeijão. As geléias contêm pectina, responsável pelo aspecto gelatinoso do produto e que tem atuação benéfica no intestino. Por ser uma fonte calórica de fácil assimilação e absorção, as geléias são adequadas para repor o gasto de energia em função da necessidade calórica das crianças.

Lancheira- Foto Getty Images
Lancheira

Levando-se em conta de que é na infância que a criança define hábitos que irão acompanhá-la por toda a fase adulta, é fundamental que a participação dos pais em sua alimentação seja ativa. É também nesse período que suas atitudes podem diminuir ou aumentar a incidência de doenças cardiovasculares e diabetes, além dos distúrbios alimentares, entre eles, a obesidade e a anorexia. Mas o que lanchar?

A profissional explica que o ideal é balancear o consumo dos alimentos com as opções mais saudáveis e sempre incentivar a criança a evitar os exageros. Uma tarefa importante é tornar esses alimentos mais atrativos para os pequenos, portanto, abuse da criatividade. "O ideal é sempre criar expectativa de novos sabores e de lanches diferentes, você pode unir pão, queijo branco e geléia de goiaba ou até mesmo usá-las para adoçar sucos de frutas ou iogurtes naturais", afirma Andréa. 

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não