PUBLICIDADE

Pirâmide alimentar: controle o peso com a ajuda dela

Quando se fala em dietas, uma das coisas mais importantes e que não deve ser esquecida jamais é a reeducação alimentar. De nada adianta fazer um regime super restritivo, atingir o peso que tinha como meta e não aprender a comer. Nestes casos, é muito mais provável que você volte a engordar, já que não compreendeu como funciona o organismo e para que serve cada tipo de alimento. (clique aqui, faça sua avaliação nutricional gratuita e descubra qual a dieta ideal para o seu perfil)

E para entender melhor como age cada um dos nutrientes no corpo, a Pirâmide Alimentar é uma ótima opção.

A nutricionista Erica Lopes, afirma que "a Pirâmide Alimentar, antigamente representada por uma roda de alimentos, é muito utilizada hoje para ensinar como ter uma reeducação à mesa, pois a partir de seu formato (triângulo), podemos visualizar todos os grupos de alimentos e saber quais podemos ingerir mais e quais devemos evitar". (nem todas as gorduras são ruins para sua dieta, identique)

Além de demonstrar para que serve cada grupo alimentar, a Pirâmide pode ser utilizada tanto para emagrecer, quanto para manter o peso ideal, além de servir de base para quem precisar engordar. Segundo a nutricionista, o que diferencia um tipo de alimentação do outro é a importância dada a cada grupo de alimento, e que só poderá ser obtida com a orientação de um profissional.

"Por tratar-se de uma reeducação alimentar, a Pirâmide ajudará a manter, perder ou ganhar peso, tudo depende da quantidade de alimentos que for utilizada e do objetivo da pessoa", destaca Erica. (traduza os rótulos e escolha bem os alimentos)

Vale ressaltar que todos os grupos de alimentos existentes na Pirâmide são essenciais e que uma alimentação balanceada é indispensável para manter a saúde.

"Cada um destes grupos de alimentos fornece um pouco, mas não todos, os nutrientes que precisamos. Por isso, não podemos substituir um grupo pelo outro, já que todos são igualmente importantes", ressalta a nutricionista. "Para uma boa saúde precisamos de todos os grupos de alimentos", finaliza. Existem também Pirâmides Alimentares especiais destinadas a crianças, a pessoas que praticam atividade física e a idosos. (mesmo no self service, é possível fazer escolhas saudáveis)

Veja quais são os alimentos de cada grupo e quantas porções, em geral, devemos consumir de cada um:

Grupo 1 : os carboidratos (pão, batata, macarrão, arroz) - principal fonte imediata de energia = são os chamados Energéticos. (saiba mais sobre os carboidratos)

Grupos 2 e 3 : o das verduras, legumes e frutas - fontes de vitaminas, minerais e fibras (essenciais para o bom funcionamento do organismo) = são os chamados Reguladores. (a aveia é uma ótima fonte de fibras, veja como consumir)

Grupos 4, 5 e 6 : o das leguminosas (lentilha, ervilha, feijão, grão de bico e soja) que são as proteínas vegetais; o das carnes (brancas, vermelhas, ovo) que são das proteínas animais e o dos leites e derivados (iogurtes, queijos) também representando as proteínas animais - todos eles têm a função de crescimento, desenvolvimento e formação de massa muscular = são os chamados Construtores. (compare os benefícios das leguminosas, das carnes brancas e vermelhas)

Grupos 7 e 8: o dos óleos, gorduras, açúcares e doces - deverão ser evitados em excesso : = são os também chamados Energéticos. (mate a vontade de comer bobagem sem engordar)

Porções:

O Grupo 1 (Carboidratos) representa de 6 a 11 porções/dia;
O Grupo 2 (Verduras e Legumes) representa de 3 a 5 porções/dia;
O Grupo 3 (Frutas) representa de 2 a 4 porções/dia;
O Grupo 4 (Leguminosas) representa 1 porção/dia;
O Grupo 5 (Carnes) representa 2 a 3 porções/dia;}
O Grupos 6 (Leites e Derivados) representa de 2 a 3 porções/dia;
O Grupo 7 e 8 (Óleos, Gorduras e Doces) usar com moderação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)