PUBLICIDADE

Drible as armadilhas da dieta no trabalho

Se controlar no restaurante e na happy hour contribui para a perda de peso

Em casa, a dieta corre que é uma beleza. Você faz tudo direitinho, mas quando chega no trabalho que tristeza! a coisa desanda. A padaria da esquina, aquela colega do seu lado sempre bem servida de guloseimas, a happy hour depois do expediente e outra listinha de tentações são alguns vilões da balança. E, cá para nós, como você passa grande parte do dia no trabalho, a chance de acumular gordurinhas nesse período fica bem maior do que a de sumir com elas. Para não cair nessa cilada, a nutricionista Patrícia Davidson, do Rio de Janeiro, ensina maneiras para escapar das armadilhas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Em jejum, não pode

O primeiro erro já começa antes de sair de casa, quando você vai trabalhar sem tomar um café da manhã reforçado. Superimportante, a primeira refeição do dia deveria preencher 25% das necessidades calóricas diárias. Quando acordamos, o organismo já está a pelo menos 8 horas em jejum e, como gastamos de 40 a 60 calorias por hora de sono, necessitamos de combustível para retomar as atividades.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A primeira refeição mantém o nível de glicemia no sangue, que é fundamental para começar bem o dia. A falta dela pode causar sintomas como mal-estar, tremores, tonteiras e falta de concentração.

"Pesquisas mostram que quem faz o café da manhã tende a consumir menos calorias durante o dia do que as que não tem esse hábito", diz Patrícia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas muitas pessoas deixam de tomar um café da manhã completo alegando falta de tempo. Se você se enquadra nesse grupo, deixe preparado na noite anterior um sanduíche e um suco, por exemplo. Se não tem fome, procure comer menos à noite, assim vai sentir mais fome ao acordar.

Inclua no seu café da manhã, uma fonte de carboidratos (pães e biscoitos preferencialmente integrais), uma de proteínas (queijo magro, uma pastinha à base de soja ou um ovo) e uma fruta, que pode ser na forma de suco que é fonte de vitaminas de minerais essenciais para dar disposição no começo do dia.

hora de almoço - foto: getty images
armadilhas da dieta

Lanchinho para gente grande

Ficar muitas horas sem se alimentar faz com que as taxas de glicose, o açúcar do sangue, sofra picos quando você se alimenta. Resultado: o organismo libera altas doses do hormônio insulina, que promove o estoque de gordura na região abdominal. Além disso, quando o período de jejum é muito grande e a pessoa vai se alimentar, deverá comer muito mais do que normalmente comeria, tamanha é a fome.

Então não se engane: ficar sem comer, não vai fazer com que emagreça mais rápido, pelo contrário, o organismo trabalha de modo inteligente, isto é, se não tem comida, ele estoca gordura. "A gordurinha que está em excesso vai ficar aonde está para suprir a necessidade de energia do organismo", diz a nutricionista do Rio de Janeiro. O ideal é fazer pequenos lanchinhos (saudáveis!) a cada três horas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

água - foto: getty images
armadilhas da dieta

Viver na seca emperra a balança

A ingestão de líquidos é essencial, pois não podemos esquecer que o corpo humano é formado em sua maioria por água e necessita desse componente para um bom funcionamento. A falta de hidratação logo apresenta sintomas como intestino preso , pele e cabelos sem brilho, e pode resultar a longo e médio prazo em cálculos renais e infecções urinárias.

Saia para dar uma voltinha

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Passar muitas horas sentada é outra razão para acumular quilinhos. Quem se movimenta pouco, dificulta a circulação sanguínea e aumenta a retenção de líquido. Resultado: o corpo incha. O jeito é dar uma volta rápida pelos corredores a cada hora e preferir as escadas ao elevador. "As pessoas que ficam muito tempo na mesma posição devem preferir alimentos de fácil digestão, como frutas, e fazer refeições mais leves", recomenda Patrícia. Comer muito e depois voltar para trabalhar também pode prejudicar a produtividade do serviço desempenhado.

Fuja dos perigos do horário de almoço

A diversidade de restaurantes, principalmente, a quilo, fazem da hora do almoço um período de tentações. A dica principal é: sempre que entrar em um restaurante já olhe tudo que está disponível no buffet para não correr o risco de pegar tudo que vê pela frente. Em geral, os pratos desses restaurantes são enormes, o que dificulta visualizar a quantidade dando a falsa impressão que tem pouca comida quando na verdade não tem.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Encha o prato de folhas verdes e legumes, escolha uma fonte de carboidrato como o arroz, de preferência o integral, uma leguminosa, como feijões, e uma proteína, como frango, carne, vermelha ou peixe, deixando de lado as frituras. Se gosta muito de doces, escolha um dia na semana para comê-lo.

"É importante estabelecer pelo menos uma faixa de horário para o almoço , por exemplo de 12h às 14 h, até para que o organismo se habitue e consiga trabalhar de maneira mais eficiente", recomenda a especialista.

amigas - foto: getty images
armadilhas da dieta

Cuidado com a hora do cafezinho

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ainda mais se a bebida for adoçada com açúcar refinado e vier acompanhada por bolachinhas e quitutes calóricos! Segundo a nutricionista Patrícia Davidson, o consumo de cafezinhos deve ser regrado e não deve ultrapassar 3 a 4 por dia. "Estudos também sugerem que o consumo excessivo de cafeína está ligado a casos de irritabilidade", explica a nutricionista.

Fique esperta com colegas doceiros

E como resistir às tentações dos amiguinhos que têm sempre uma barra de chocolate, uma bolacha recheada e outras guloseimas à disposição? É, tem que ser forte mesmo. O ideal é que você sempre tenha algum lanchinho saudável na bolsa ( frutas, castanhas ou frutas secas) para que a fome não seja a grande sabotadora da dieta, porque aí fica mais difícil resistir ao bombom na mesa ao lado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Evite o tele-entrega

A doceria, a padaria, a lanchonete e a confeitaria entregam qualquer coisa que você estiver com desejo de comer a qualquer hora? O que parece uma maravilha pode virar uma catástrofe! "A grande maioria dos serviços delivery não trazem opções saudáveis, mais sim muito açúcar e gordura saturada, tudo que nosso organismo não precisa", explica Patrícia.

Grande parte das pessoas que utiliza esse tipo de serviço alegam a falta de tempo como principal desculpa. Uma saída é utilizar o congelamento de alimentos. Em um dia dá para preparar o cardápio saudável da semana toda. Além disso, a técnica preserva os nutrientes dos alimentos e pode ser uma boa saída para deixar o telefone um pouco de lado.

Perigos da Happy Hour nos bares

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Chopinho com a turma da firma dia sim dia não? Mais um sinal vermelho por aí. Se for de forma moderada e uma vez por semana, você até pode se dar ao desfrute. A dose recomendada de cerveja é de uma lata de 290 ml para as mulheres e duas para os homens, por dia. Esta quantidade não causa males para a saúde e para o físico. Mas, com freqüência, não há balança que resista. Isso sem falar dos tira-gostos à base de frituras, cheios de calorias, que há nos botecos. "Nessas horas, tente pelo menos intercalar a bebida alcoólica com uma não alcoólica, até mesmo água, e evite as frituras dando preferência a preparações assadas. Com isso o prejuízo não será tão grande", acrescenta a nutricionista Patrícia Davidson.