PUBLICIDADE

Anvisa proíbe papinha para bebês por falta de registro do fabricante

Produtos da marca Papá no Prato eram comercializados online por fabricante desconhecido

Nesta segunda-feira, dia 20 de março, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda dos produtos alimentícios para crianças da marca Papá no Prato. Os produtos eram comercializados online por um fabricante desconhecido e não possuíam registro na agência.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com a resolução, publicada no Diário Oficial da União, o registro sanitário de alimentos de transição para lactentes e crianças de primeira infância (de 0 a 6 anos) é obrigatório.

Desta forma, os produtos Etapapá 1, 2, 3 e Frutas, além de outros gêneros da marca Papá no Prato foram proibidos de serem fabricados, comercializados e divulgados em todo o território nacional.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)