PUBLICIDADE

Consumo de queijo pode aumentar expectativa de vida e prevenir câncer

Estudo americano descobriu que uma substância chamada espermidina pode prolongar até 25% na longevidade e evitar o câncer

Muitas pessoas evitam comer queijos por acharem que eles contribuem para o ganho de peso, porém esses laticínios possuem diversos benefícios interessantes para a saúde, sendo rico em nutrientes importantes para o corpo, como cálcio, proteínas e em vitaminas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com pesquisadores americanos da Universidade Texas A&M, o consumo de queijos envelhecidos prolongam o tempo de vida e prevenir o câncer de fígado e a fibrose hepática, mesmo em pessoas predispostas a contrair essas doenças.

Para análise, os pesquisadores introduziram uma substância chamada espermidina em ratos de laboratório, do início até o fim da vida deles. Os resultados, publicados na revista "Cancer Research", mostraram que os roedores que receberam o composto tiveram um aumento de 25% na expectativa de vida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Segundo o pesquisador Leyuan Liu, essa descoberta mostra que em seres humanos a média pode passar de 81 anos para 100 anos, revelando um aumento expressivo.

No entanto, para obter os benefícios desejados é preciso começar a ingerir a espermidina ainda nos primeiros anos de vida. Os especialista consideram que os efeitos colaterais da substância são mínimos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, o composto também pode ser encontrado cogumelos, soja, legumes, milho e grãos inteiros, possuindo o mesmo resultado. Os próximos passos são testar a espermidina em seres humanos, para se certificar de sua eficácia e segurança.