PUBLICIDADE

Ácido glutâmico auxilia no tratamento da hipertensão

Aminoácido encontrado na soja e no feijão controla pressão arterial

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Medicina de Northwestern, em Chicago (EUA), revelou que o ácido glutâmico, encontrado nas proteínas vegetais, como a soja, lentinha, grão de bico e feijão, tem alto poder de redução da pressão arterial.

Foram observadas mais de 4.600 pessoas de meia-idade provenientes dos Estados Unidos, Reino Unido, China e Japão, que ingeriram quantidades distintas e não pré-determinadas de alimentos compostos por ácido glutâmico.

A intenção do estudo era explicar porque as dietas vegetarianas controlam a pressão arterial. A conclusão é de que a presença da substância combinada com demais aminoácidos interfere diretamente na pressão arterial por reduzir e ajudar no metabolismo do sal no organismo.

Embora a redução da pressão arterial associada ao consumo das proteínas vegetais seja relativamente pequena, os pesquisadores explicam que ela já faz uma grande diferença para a saúde das pessoas hipertensas, pois reduzem os riscos de acidentes vasculares.

A nutricionista Simone Freire explica que o sal é um dos principais vilões do combate a hipertensão . "O consumo saudável de sal é de 6 g por dia (2,4 g/dia de sódio), correspondente a quatro colheres de café rasas de sal (4 g) e 2g provindas naturalmente dos alimentos", explica.

Para conseguir atingir esses valores, recomenda-se reduzir o sal nas escolhas de alimentos com menor teor de sal; evitar o consumo de enlatados, conservas, frios, embutidos, sopas, temperos, molhos prontos e salgadinhos. A conduta da diminuição do sal deve estar associada ao aumento de alimentos ricos em potássio (frutas e hortaliças frescas), que além de ajudar a diminuir os riscos da hipertensão arterial, evitam o desenvolvimento de cálculos renais (pedras) e ainda minimizam a perda da massa óssea.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)