Vinagre de maçã: o alimento que ajuda a emagrecer e previne diabetes

Este tempero também é bom para as articulações e tem ação antioxidante

ARTIGO DE ESPECIALISTA

REVISADO POR
Dra. Tamara Mazaracki
Nutrologia - CRM 52301716/RJ
especialista minha vida
Vinagre de maçã ajuda a emagrecer - Foto: Getty Images
Vinagre de maçã ajuda a emagrecer

O vinagre de maçã possui uma série de benefícios para a saúde. Ele contribui para o emagrecimento, conta com ação antioxidante, protege o fígado, previne o diabetes, câimbras, tem ação diurética e melhora as articulações e a digestão.

O alimento pode ser feito a partir de qualquer alimento que contenha açúcar, como a maçã, uva, framboesa, maracujá, cana de açúcar, kiwi, laranja, tangerina, manga, mel, melado, arroz, malte, milho, vinho, álcool, entre outros.

No caso da versão com a maçã, a fruta sofre um processo de fermentação por leveduras benéficas e por bactérias chamadas acetobacter. Os açúcares naturais são transformados em álcool e depois ele é convertido em ácido acético. A concentração usual no vinagre de maçã é de 5% de ácido acético e 95 % de água, além de alguns minerais, vitaminas e fitoquímicos, como os polifenóis, que ajudam a proporcionar um sabor diferenciado e seus inúmeros benefícios.

O vinagre de maçã possui mais substâncias benéficas do que os demais vinagres. O alimento conta com ácido acético, enzimas, catequinas e quercetinas, que são antioxidantes, traços de fibra solúvel, betacaroteno e minerais, especialmente o potássio.

Principais nutrientes do vinagre de maçã

O vinagre de maçã possui boas quantidades de ácido acético. Este ácido inibe a ação de várias enzimas que digerem os carboidratos, entre elas amilase, sacarase, maltase e lactase. Assim, este ácido é um bloqueador natural da absorção de amidos e açúcar. Quando estas enzimas são bloqueadas, os carboidratos passam direto através do trato digestivo. Desta maneira, são eliminadas calorias que se tivessem sido absorvidas contribuiriam para o aumento de peso.

O ácido acético ainda melhorará a eficiência dos músculos e a recuperação após os treinos. Além disso, a substância faz com que a glicose seja liberada lentamente no sangue, o que ajuda a prevenir o diabetes.

O vinagre de maçã previne o diabetes  - Foto: Getty Images
O vinagre de maçã previne o diabetes

O alimento também possui boas quantidades de quercetina. Ela é importante porque possui ação antioxidante, melhora a imunidade e ajuda a reduzir os efeitos da histamina, uma substância que causa os sintomas de inflamação e alergia. Outras substâncias com ação antioxidante presentes no vinagre são as catequinas.

O vinagre de maçã conta com traços de fibras, como a pectina, que proporciona saciedade, absorção de gorduras e melhora o trânsito intestinal. O alimento ainda possui betacaroteno, que evita problemas de visão e protege a pele, e potássio, que é essencial para o funcionamento celular.

Nutrientes Vinagre de maçã - 30 ml
Calorias 6 kcal
Carboidratos 0.28 g
Açúcar 0.12 g
Cálcio 2 mg
Ferro 0.06 mg
Magnésio 1 mg
Fósforo 2 mg
Potássio 22 mg
Sódio 1 mg
Zinco 0.01 mg

Fonte: Tabela do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos

Benefícios comprovados do vinagre de maçã

Ajuda a emagrecer: Um estudo da Universidade do Arizona e publicado na revista Diabetes Care observou que após ingerirem duas colheres de sopa de vinagre de maçã diluídos em água antes do almoço e do jantar, os participantes perderam em média dois quilos em um mês.


Isto ocorre porque o alimento ajuda a reduzir picos de insulina e o nível de glicose após refeições ricas em carboidratos. Os picos de insulina são inimigos do emagrecimento porque quando o carboidrato é absorvido rapidamente pelo sistema digestivo, o nível no sangue sobe subitamente. Assim o pâncreas libera muita insulina que, por sua vez, irá baixar subitamente os níveis de glicose no sangue, levando a uma hipoglicemia reativa e consequente sensação de fome.


Além disso, o ácido acético presente no tempero é um bloqueador natural da absorção de amidos e açúcar. Quando estas enzimas são bloqueadas, os carboidratos passam direto através do trato digestivo, comportando-se como fibras insolúveis, que não podem ser digeridas. Assim são eliminadas muitas calorias, que se fossem absorvidas, certamente iriam dificultar a perda de peso.


Previne o diabetes: O vinagre de maçã ajuda a prevenir a doença porque reduz os níveis de glicose e consequentemente os picos de insulina após refeições ricas em carboidratos. Quando a insulina é produzida e liberada no corpo em grandes quantidades levando aos picos, alguns tecidos e órgãos começam a reduzir sua resposta a ela, sendo preciso mais insulina para armazenar a mesma quantidade de glicose. Esse processo leva a um quadro chamado de resistência à insulina, que, se não for revertido, pode evoluir para diabetes do tipo 2.


Diminui a rigidez articular: O vinagre de maçã melhora a rigidez articular porque o ácido acético tem uma ação quelante, de eliminação, de cristais de minerais que se depositam nas articulações.


Melhora a digestão: Este benefício ocorre porque o vinagre de maçã é fermentado e rico em enzimas, assim o alimento fica menos tempo retido no estômago e também pode haver melhora na azia e no refluxo.


Protege o fígado: O vinagre de maçã possui os ácidos málicos, lático e cítrico que ajudam na saúde do fígado e também o tornam mais eficaz no processamento das toxinas, auxiliando o corpo a eliminá-las de forma mais rápida.


Bom para a pele: Uma colher de sopa de vinagre de maçã diluído em um copo de 300 ml de água pode ser utilizado como um tônico para a pele. Esta combinação ajuda a reduzir o excesso de oleosidade cutânea e também a acne.


Aliado dos músculos: O ácido acético presente no vinagre contribui para converter a glicose em glicogênio, que é armazenado pelos músculos e fígado como fonte de energia para as atividades do dia a dia. O glicogênio é usado de forma rápida pelo corpo e não se transforma em gordura. Quanto mais glicogênio, mais energia, e assim os músculos se tornam mais eficientes, o que facilita a malhação e a recuperação após a atividade física.


Benefício em estudo do vinagre de maçã

Previne o câncer: Estudos preliminares realizados com cobaias descobriram que o vinagre de maçã pode ser capaz de matar células cancerosas ou retardar o seu crescimento. Contudo pesquisas realizadas com seres humanos não obtiveram o mesmo resultado, inclusive um estudo relacionou o vinagre de maçã ao risco aumentado de câncer de bexiga.

Usos do vinagre de maçã na beleza

Vinagre de maçã para os cabelos
O vinagre de maçã sempre é indicado popularmente como uma alternativa para cabelos quebradiços, porosos ou oleosos. Na verdade, ele não atua diretamente nesses problemas, mas funciona como um potencializador de cremes com essa finalidade. O pH dos fios danificados é alcalino e o desgaste pode ser tanto que o creme de tratamento não consegue se fixar aos fios, nessas horas o vinagre de maçã pode ajudar, pois ele ajuda a selar o produto nos seus fios. O vinagre de maçã contém o pH ácido, o que contribui com o fechamento das cutículas abertas. Ao fechar as cutículas com o vinagre de maçã, os cabelos perdem o frizz e adquirem brilho, porque a luz vai passar a refletir nos fios de forma mais uniforme do que antes.

O ideal é usar o vinagre de maçã em todo o cabelo, podendo inclusive aplicá-lo na raiz, porque ele tem ação antifúngica e de limpeza, levando a uma melhora da caspa, em pessoas com essa predisposição.

Para usar, basta misturar uma colher de sopa do vinagre de maçã em um copo de água filtrada morna. Borrife essa mistura em todo o cabelo, após a limpeza e, na sequência, aplique o creme de tratamento indicado mecha a mecha. Deixe agir por entre três a cinco minutos com touca térmica ou toalha umedecida em água quente. Ao final, enxágue tudo usando a água com vinagre diluído.

Não se preocupe, pois o cheiro fica completamente disfarçado pela máscara nutritiva. A água com vinagre já deverá estar fria no final do processo e isso vai ajudar ainda mais a selar as cutículas.

Vinagre de maçã para a pele
Embora não existam estudos comprovando estes efeitos, o vinagre de maçã possui algumas propriedades que podem ser interessantes para a pele.

O vinagre de maçã contém ácido acético, substância com propriedades antibacterianas que podem ter efeito antisséptico, promovendo erradicação das bactérias que induzem à acne.

Ainda pensando nas espinhas, por ter um pH também é muito semelhante ao da pele, o que mantem ácido o ambiente natural da flora bacteriana da pele, inibindo o desequilíbrio no crescimento de bactérias causadoras da acne.

Essa manutenção do pH também pode ser interessante para reestabelecer a síntese de proteínas essenciais e ácidos graxos da pele, evitando a oleosidade.

O vinagre de maçã também contém alfa-hidroxiácidos que podem agir removendo as células mortas da superfície da pele, e promovendo suave esfoliação da pele, acelerando a descamação das células da epiderme, tendo efeito coadjuvante no clareamento de manchas.

Porém, deve-se ter extremo cuidado ao utilizar o vinagre de maçã devido ao seu pH muito ácido, pode danificar e causar hipersensibilidade e até alergias na pele. O vinagre de cidra de maçã que você deve usar é o cru, orgânico, não filtrado e não pasteurizado e não o tipo refinado. Ele deve ser utilizado diluído com água na proporção de uma porção de vinagre para quatro porções de água. E após a aplicação enxaguar totalmente a pele. O ideal é usar uma vez por dia para limpeza do rosto.

Quantidade recomendada de vinagre de maçã

Os estudos com o vinagre de maçã foram feitos com um consumo que varia de duas a quatro colheres de sopa por dia, diluídas em água. Por isso, o indicado é ingerir até duas colheres de sopa de vinagre de maçã, cerca de 30 ml, diariamente.

Como consumir o vinagre de maçã

O vinagre de maçã pode ser consumido na salada. O alimento também pode ser adicionado na água ou suco. Para ter a quantidade recomendada, uma alternativa é colocar uma colher de chá de vinagre na salada do almoço e outra na do jantar e acrescentar o restante em um copo de água ou suco. O alimento pode ser aquecido durante a elaboração de uma receita, mas evite consumi-lo puro.

É importante comprar um vinagre de maçã orgânico, não pasteurizado e não filtrado. O vinagre ideal é o que apresenta uma fina teia boiando no conteúdo que são as enzimas e cultura bacteriana benéfica do processo de fermentação.

Compare o vinagre de maçã com outros alimentos

Nutrientes Vinagre de maçã - 30 ml Vinagre de vinho - 30 ml Vinagre balsâmico - 30 ml
Calorias 6 kcal6 kcal28 kcal
Carboidratos 0.28 g0.08 g5.45 g
Açúcar 0.12 g0 g 4.78 g
Cálcio 2 mg2 mg9 mg
Ferro 0.06 mg0.13 mg0.23 mg
Magnésio 1 mg1 mg 4 mg
Fósforo 2 mg2 mg6 mg
Potássio 22 mg12 mg 36 mg
Sódio 1 mg2 mg7 mg
Zinco 0.01 mg 0.01 mg0.03 mg

Fonte: Tabela do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos

Na tabela nutricional não há diferenças relevantes entre o vinagre de maçã e os outros tipos. Porém, o primeiro possui vantagens quando comparado com os outros por ser elaborado com a maçã.

Este fruto possui fitoquímicos como as catequinas, que tem forte ação antioxidante, e a quercetina, que também age como antioxidante e ainda melhora a imunidade e ajuda a reduzir os efeitos da histamina, uma substância que causa os sintomas de inflamação e alergia.

Além disso, a versão de maçã possui traços de pectina e o betacaroteno. Todos os vinagres contam com o ácido acético.

Contraindicações

Pessoas que sofrem com úlcera devem evitar o consumo do vinagre de maçã. Quem tem problemas gástricos precisa fazer uma série de restrições no dia a dia e não deve consumir muito vinagre. Também é recomendado que esses indivíduos evitem sucos ácidos, refrigerantes, condimentos, chás e café. Isto porque estes alimentos podem irritar o estômago.

Riscos do consumo em excesso de vinagre de maçã

Consumir o vinagre de maçã em excesso pode levar a uma irritação gástrica. Pesquisas com animais indicam que grandes quantidades do tempero causam danos no estômago, duodeno e fígado devido à sua acidez.

O vinagre de maçã é bom para a digestão  - Foto: Getty Images
O vinagre de maçã é bom para a digestão

A acidez do tempero pode chegar ao ponto de mudar o pH do sangue e causar uma acidose metabólica, quadro de risco que pode ser fatal. Porém, o problema só ocorre quando o vinagre é consumido em quantidades imensas, como uma garrafa inteira em um dia.

Além disso, grandes quantidades de vinagre podem teoricamente interagir com diuréticos, laxantes e medicamentos para diabetes e doença cardíaca.

Receitas com o vinagre de maçã

Receita de escondidinho de atum com vinagre de maçã

Confira deliciosas receitas com o vinagre de maçã.
-Escabeche de atum
-Carne desfiada com cebola
-Salmão marinado com molho de maçã

Fontes consultadas:
Nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki
Nutricionista Rita de Cássia Leite Novais da empresa Consultoria Alimentar

Dermatologista Tatiana Gabbi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia
Dermatologista Luciana de Abreu, especialista da clínica Dr André Braz (Rio de Janeiro)