Chá de amora: benefícios para a saúde, receitas e nutrientes

Bebida pode ajudar no combate aos sintomas da menopausa e a emagrecer

POR JÉSSIE PANEGASSI

O que é chá de amora?

O chá de amora é uma bebida feita com as folhas da amora, mas também é possível utilizar o fruto para preparar a bebida. O chá de folha de amora é conhecido especialmente por ajudar mulheres na menopausa, uma vez que ele pode simular a ação do estrogênio no organismo, auxiliando a combater as ondas de calor.

PUBLICIDADE

Ele também é conhecido por ser benéfico para pessoas que querem emagrecer, quando aliado a uma dieta com poucas calorias e a prática de exercícios físicos.

Por ser rico em antioxidantes, o chá de amora ou chá de folha de amora também é benéfico para pessoas com problemas de estômago, como gastrite.


Quais são os nutrientes do chá de folha de amora?

A amora é rica em fibras, leveduras, flavonoides, antioxidantes, potássio, manganês, magnésio, ferro, vitamina C, vitamina E, vitaminas do complexo B e vitamina K. A combinação desses nutrientes proporciona benefícios para quem quer emagrecer, na proteção dos ossos e até na prevenção da anemia - uma vez que para o ferro ser aproveitado pelo organismo ele deve ser consumido em conjunto com a vitamina C.

Outro componente importante da amora, principalmente de sua folha, são os fitormônios, que se assemelham bastante a função do estrogênio no corpo da mulher. Por isso, ela seria benéfica para quem está no climatério com déficit hormonal, para reduzir as ondas de calor e outros sintomas como insônia, secura vaginal, alterações na memória entre outros.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Quais os benefícios do chá de folha de amora?

Reduz sintomas da menopausa: Como a amora e principalmente a sua folha são ricas em fitormônios, que têm uma função no organismo bastante semelhante ao estrogênio, fazendo com que ela possa ajudar a combater sintomas típicos da menopausa como ondas de calor, insônia, secura vaginal, alterações de memória, entre outros.

Ajuda na proteção dos ossos: Por ser rica em potássio, manganês e magnésio, a amora e seu chá também podem ajudar na proteção da saúde óssea do corpo.

Previne a anemia: Por ter bastante ferro na sua composição e também a vitamina C, a amora pode ajudar a prevenir a anemia. Isso porque, para que o organismo faça a absorção do ferro é preciso que ele seja consumido junto com uma fonte de vitamina C. Ela também pode ser combinada ao suco de laranja, por exemplo, que é rico na vitamina, turbinando seus efeitos.

Auxilia no processo de emagrecimento: Uma descoberta ainda sendo estudada sobre a amora é que um dos seus componentes bloquearia a ação de uma enzima no organismo que tem a função de digerir os carboidratos. Sendo assim, ela não deixaria o processo acontecer, fazendo com que o corpo eliminasse os carboidratos sem que eles tivessem efeito no organismo.

Contudo, mesmo que esta propriedade seja comprovada, a quantidade que ela atingiria seria limitada. Logo, o chá de amora poderia ajudar no emagrecimento, desde que combinado com uma dieta e estilo de vida saudáveis, o que envolve também a prática de exercícios.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Chá de folha de amora pode ser consumido por mulheres grávidas?

Assim como todo o alimento, é preciso ter moderação na hora de consumi-lo. Não existe nenhum estudo conclusivo que prove que mulheres grávidas não podem ou que seriam beneficiadas em ingerir o chá de amora. Além disso, cada pessoa tem um organismo e uma sensibilidade diferente tanto para remédios quanto para alimentos e chás, portanto, busque orientação do seu médico antes de consumir o chá de amora ou chá de folhas de amora durante a gravidez.

Modo de consumo

O chá de amora deve ser feito a partir das folhas ou frutos da própria amora. Para preparar o chá com as folhas, para cada um litro de água utilize de cinco a dez folhas de amora. Caso queira adicionar o fruto, não existe uma receita da quantidade máxima permitida, mas procure não passar de uma colher de sopa por dia. Não adicione açúcar a este chá.

As folhas e frutos não devem ser fervidos com a água, uma vez que este procedimento acabaria com grande parte de suas propriedades e benefícios para a saúde. Portanto, ferva a água e adicione-a, depois de fervida (quando não tiver mais bolhas) às folhas ou frutos. Deixe por cinco ou dez minutos, coe e beba.

Contraindicações

Não existe nenhuma contraindicação formal do chá de amora, contudo, recomenda-se que gestantes procurem orientação médica antes de fazer uso da bebida e que se forem a ingerir, o façam com moderação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Riscos do consumo em excesso

O consumo em excesso (mais do que três xícaras ao dia, aproximadamente) do chá de amora, em algumas pessoas, pode acabar acelerando os movimentos intestinais e provocando diarreia. Também é importante lembrar que nenhum chá deve substituir o consumo de água, que é essencial para o bom funcionamento do organismo.

Referências

Fontes consultadas:

José Alves Lara Neto, médico Nutrólogo da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) - 53895/SP.

Roberto Navarro, nutrólogo, clínico geral e especialista Minha Vida - CRM: 78392/SP.

Melissa Antoun, nutróloga, ginecologista, especialista em modulação, reposição hormonal e estética - CRM: 40145/MG.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.