publicidade

Seis tipos de massagem para aliviar o estresse

Alivie a tensão com toques suaves de uma boa massagem

Por Minha Vida - atualizado em 07/06/2013


Quem é que nunca se viu cansado e irritado no final de um dia corrido? Situações de tensão acontecem frequentemente na vida de todos nós. Congestionamentos, problemas no trabalho, preocupações em casa, falta de tempo para fazer diversas coisas. Tudo isso e mais uma série de fatores, com certeza, deixam qualquer um estressado. Para aliviar essa tensão, nada melhor do que relaxar com uma massagem terapêutica.

Segundo a fisioterapeuta Vanessa Pereira, qualquer pessoa pode fazer, independente da idade. "Além de livrar os músculos das tensões, a massagem ajuda também a amenizar alguns desequilíbrios como a dor, fadiga e má postura", explica. Os únicos cuidados devem ser tomados com quem está em período pós-operatório, com febre, inflamação e outras doenças graves.

Para diminuir os efeitos do corre-corre, escolhemos seis tipos de massagem que acabam com seu estresse e mantêm sua saúde física e mental em equilíbrio.

de 7

mulher fazendo shiatsu - Foto Getty Images

Shiatsu
Técnica oriental milenar que utiliza os dedos e a palma das mãos para fazer pressão sobre a pele, atingindo os pontos trabalhados na acupuntura. Mais do que uma massagem, o shiatsu faz parte da medicina chinesa e tem como benefícios relaxamento, energização, liberação dos pontos de tensão muscular e melhora da função dos órgãos internos. "O shiatsu é importante para aliviar o estresse porque promove re-equilíbrio energético de todos os sistemas corporais, incluindo aquele responsável pelas emoções", afirma. 

mulher recebendo massagem nos pés - Foto Getty Images

Reflexologia
É um sistema terapêutico de estimulação dos pontos (nos pés e região) através da pressão, fricções e massagens. Essa técnica baseia-se no princípio de que todos os órgãos, sistemas, músculos e glândulas têm "terminais" no pé. Sua estimulação facilita a circulação sanguínea, oxigena o organismo, elimina bloqueios responsáveis por distúrbios de determinado órgão e promove um re-equilíbrio. "A reflexologia foca a massagem nos pés, causando um imenso relaxamento, sensação de prazer e bem-estar", explica Vanessa. 

mulher recebendo uma massagem - Foto Getty Images

Massagem clássica terapêutica
Trata-se de uma massagem mais específica, feita em determinadas regiões para aliviar a dor músculo-esquelética. De acordo com a fisioterapeuta, para aliviar o estresse, essa técnica pode ser associada a uma massagem reflexa. "Trabalhando essa duas massagens em conjunto é possível liberar os pontos de tensão muscular, ocasionados por emoções mal trabalhadas", diz. 

mulher fazendo massagem com óleos aromáticos - Foto Getty Images

Massagem relaxante
É uma técnica mais suave que utiliza movimentos deslizantes e leves, com uso de óleos aromáticos, proporcionando uma sensação de conforto e descanso. Segundo Vanessa, essa massagem é indicada para fins de relaxamento, efeito anti-estresse, combate à irritabilidade, falta de concentração e má circulação sanguínea. "A técnica reduz a tensão muscular, provocando a calma e um relaxamento mental", ressalta. 

mulher recebendo a massagem reiki - Foto Getty Images

Reiki
Uma técnica tradicional que se baseia na transmissão de energia pela simples imposição das mãos em posições específicas na cabeça, no tórax, no abdômen e nas costas. O Reiki é um acelerador no processo natural de cura e não interfere no tratamento médico. Gera resultados positivos nos aspectos físicos, mentais e espirituais. Além de aliviar o estresse, sua eficácia é comprovada na cura de ferimentos, cortes, queimaduras, dores de cabeça, TPM, problemas de coluna, angústia, síndrome do pânico e depressão. 

Terapia das pedras quentes - Foto Getty Images

Terapia das pedras quentes
De origem oriental, essa técnica consiste em equilibrar as energias do corpo, relaxar a musculatura e beneficiar o organismo, através de massagem no corpo com pedras vulcânicas e sedimentares. Produz reações fisiológicas e orgânicas, além de provocar respostas sedativas e re-energizadoras que equilibram o corpo. 

mulher em um consulta ao médico - Foto Getty Images

Dica
Antes de se submeter a qualquer técnica, Vanessa alerta que é fundamental consultar um especialista que possa identificar seus problemas e indicar o melhor tipo de massagem. Ela ressalta ainda que, independente da indicação, a escolha deve ser sempre do paciente e não do terapeuta. 

ver texto completo


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X