Febre

Visão Geral

O que é Febre?

A febre é o aumento temporário da temperatura corporal em resposta a alguma doença.

Uma criança tem febre quando a temperatura é igual ou superior a um destes níveis:

  • 38 °C (temperatura anal)
  • 37,5 °C (temperatura bucal)
  • 37,2 °C (temperatura axilar)

Um adulto provavelmente terá febre se sua temperatura for maior do que 37,5 °C, dependendo da hora do dia.

Consulte também:

  • Emergências de calor
  • Medição de temperatura

Causas

Praticamente qualquer infecção pode provocar febre. Algumas infecções comuns são:

As crianças podem ter febre baixa por um ou dois dias após algumas vacinas.

A dentição aumenta ligeiramente a temperatura da criança, mas não mais do que 37,8  C.

Doenças autoimunes ou inflamatórias também podem provocar febre. Alguns exemplos são:

O primeiro sintoma de câncer pode ser febre. Isso vale principalmente para doença de Hodgkinlinfoma não Hodgkin e leucemia.

Outras possíveis causas de febre são:

  • Coágulos sanguíneos ou tromboflebite
  • Medicamentos como alguns antibióticos, anti-histamínicos e anticonvulsivos.

Sinônimos

Temperatura elevada; hipertermia; pirexia

Mais sobre Febre

Consulte o médico imediatamente se seu filho:

  • Tem menos de três meses e está com uma temperatura retal de 38 °C ou mais
  • Tiver de três a doze meses e uma febre de 39 °C ou mais
  • Tiver menos de dois anos e a febre durar mais de 24 a 48 horas
  • For mais velho e tiver febre por mais de 48 a 72 horas
  • Tiver febre de mais de 40,5 °C, a não ser que diminua rapidamente com o tratamento e ele se sinta bem
  • Tiver outros sintomas que sugiram que há uma doença que deve ser tratada, como dor de garganta, dor de ouvido ou tosse
  • Tiver febres que vêm e vão por uma semana ou mais, mesmo que não sejam muito altas
  • Tiver alguma doença grave como um problema cardíaco, anemia falciforme ou fibrose cística
  • Foi vacinado recentemente
  • Tiver uma erupção ou aparecerem lesões
  • Sentir dor ao urinar
  • Tiver problemas do sistema imunológico (terapia crônica com esteroides, após um transplante de órgão ou de medula, após remoção do baço, for HIV-positivo ou estiver sendo tratado para câncer)
  • Tiver viajado recentemente para um país do terceiro mundo

Ligue para 192 se seu filho tiver febre e:

  • Estiver chorando e não puder ser acalmado (crianças)
  • Não puder ser despertado facilmente ou não conseguir acordar
  • Parecer confuso
  • Não puder andar
  • Tiver dificuldade para respirar mesmo depois de limpar o nariz
  • Tiver os lábios, a língua ou as unhas azulados
  • Tiver uma dor de cabeça muito forte
  • Tiver rigidez no pescoço
  • Recusar-se a mexer o braço ou a perna (crianças)
  • Tiver convulsões

Ligue para o médico imediatamente se você for um adulto e:

  • Tiver febre de mais de 40,5 °C, a não ser que diminua rapidamente com o tratamento e você se sinta bem
  • Tiver uma febre que não baixe de 39,5  C ou continue subindo
  • Tiver febre por mais de 48 a 72 horas
  • Tiver febres que vêm e vão por uma semana ou mais, mesmo que não sejam muito altas
  • Tiver alguma doença grave, como um problema cardíaco, anemia falciforme, fibrose cística, DPOC ou outro problema pulmonar crônico
  • Tiver uma nova erupção ou aparecerem hematomas
  • Sentir dor ao urinar
  • Tiver problemas no sistema imunológico (terapia crônica com esteroides, após um transplante de órgão ou de medula, após remoção do baço, for HIV-positivo ou estiver sendo tratado para câncer)
  • Tiver viajado recentemente para um país do terceiro mundo

Considerações

A temperatura normal do corpo pode mudar durante o dia. Ela geralmente é mais alta à noite. Outros fatores que podem afetar a temperatura corporal são:

  • Na segunda metade do ciclo menstrual de uma mulher, sua temperatura pode aumentar um grau ou mais.
  • Atividade física, emoções fortes, roupas pesadas, medicamentos, temperatura ambiente alta e muita umidade podem aumentar a temperatura corporal.

A febre é uma parte importante das defesas do corpo contra infecções. A maior parte das bactérias e dos vírus que causam infecções nas pessoas se prolifera melhor a 37 °C. Muitos bebês e crianças têm febre alta por doenças virais menores. Embora a febre indique que pode haver uma batalha dentro do organismo, a febre luta a favor da pessoa, e não contra ela.

Geralmente, não ocorrem danos cerebrais, a não ser que a febre ultrapasse 42  C. Febres não tratadas provocadas por infecções raramente passam de 40,5  C, a não ser que a criança esteja abrigada demais ou em um lugar quente.

Algumas crianças sofrem de convulsões febris. Entretanto, a maioria das convulsões febris termina rapidamente, não significando que a criança seja epilética, e não causa nenhum dano permanente.

Febres inexplicáveis que duram dias ou semanas são chamadas de febres de origem indeterminada (FOI).

Diagnóstico e Exames

Na consulta médica

O médico fará um exame físico que pode incluir um exame detalhado da pele, dos olhos, ouvidos, nariz, garganta, pescoço, tórax e abdome para procurar a causa da febre.

O tratamento depende da duração e da causa da febre, bem como dos demais sintomas.

Os seguintes exames podem ser realizados:

  • Exames de sangue, como hemograma completo ou diferencial sanguíneo
  • Urinálise
  • Raio X do tórax

Tratamento e Cuidados

Cuidados

Algumas vezes, um resfriado comum ou outra infecção viral provocam febre alta (38,9 °C a 40 °C). Isso geralmente não significa que você ou seu filho tenha um problema grave. Algumas infecções graves podem não provocar febre ou ainda provocar uma temperatura corporal muito baixa, principalmente em bebês.

Se a febre for baixa e não houver outros problemas, não será necessário tratamento. Beba muito líquido e descanse.

A doença provavelmente não é grave se a criança:

  • Tem vontade de brincar
  • Bebe e come bem
  • Está alerta e sorri para você
  • Tem uma cor de pele normal
  • Parece bem quando a temperatura diminui

Tome medidas para baixar a febre se seu filho estiver sentindo incômodo, vomitando, desidratado ou não dormir bem. Lembre-se de que o objetivo é diminuir, e não eliminar a febre.

Ao tentar diminuir a febre:

  • NÃO abrigue demais uma pessoa que tenha calafrios.
  • Remova o excesso de roupa ou cobertores. O quarto deve estar confortável, nem muito quente nem muito frio. Experimente usar uma camada de roupa leve e um cobertor leve para dormir. Se o quarto estiver quente ou abafado, um ventilador poderá ajudar.
  • Um banho de chuveiro ou de esponja com água morna pode ajudar a esfriar uma pessoa com febre. Isso é especialmente eficaz depois de tomar um medicamento. Caso contrário, a temperatura alta pode ser rapidamente retomada.
  • NÃO dê banho frio nem aplique gelo ou compressas com álcool. Eles resfriam a pele, mas frequentemente pioram a situação provocando tremores, que aumentam a temperatura central do corpo.

Algumas orientações para tomar medicamentos para baixar a febre:

  • Paracetamol (Tylenol) e ibuprofeno (Advil, Motrin) ajudam a diminuir a febre em crianças e adultos. Alguns médicos aconselham usar os dois tipos de medicamento.
  • Tome paracetamol a cada quatro a seis horas. Ele atua diminuindo o termostato do cérebro.
  • Tome ibuprofeno a cada seis a oito horas. NÃO dê ibuprofeno para crianças com menos de seis meses.
  • A aspirina é muito eficaz para tratar a febre em adultos. NÃO dê aspirina a uma criança, a menos que recomendado por seu médico.
  • Você deve saber o peso de seu filho e verificar sempre as instruções na bula.
  • Para crianças com menos de três meses, ligue para o médico antes de dar algum medicamento.

Comer e beber com febre:

  • Todos, principalmente as crianças, devem tomar muito líquido. Água, picolé, sopa e gelatina são boas opções.
  • Não dê muito suco de fruta ou de maçã e evite dar isotônico a crianças pequenas.
  • Embora esteja permitido, não obrigue a criança a comer.

Fontes e referências

  • Mick NW. Pediatric fever. In: Marx JA, ed. Rosen's Emergency Medicine: Concepts and Clinical Practice. 7th ed. Philadelphia, Pa: Mosby Elsevier;2009:chap 165.
  • Legget J. Approach to fever or suspected infection in the normal host. Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine, 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2007: chap 302.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não