Confusão mental

Visão Geral

O que é Confusão mental?

Confusão é a incapacidade de pensar na velocidade e clareza normal, incluindo a sensação de desorientação e dificuldade em prestar atenção, lembrar das coisas e realizar decisões.

Veja também: Demência, para mais informações sobre confusão crônica ou prolongada.

Causas

  • Intoxicação por álcool
  • Tumor cerebral
  • Concussão
  • Febre
  • Desequilíbrio de fluidos e eletrólitos
  • Trauma na cabeça ou lesão na cabeça
  • Doença em idoso
  • Doença em uma pessoa com doença neurológica como derrame
  • Infecções
  • Falta de sono (privação de sono)
  • Nível baixo de açúcar no sangue
  • Níveis baixos de oxigênio (por exemplo, em função de distúrbios pulmonares crônicos)
  • Medicamentos
  • Deficiências nutricionais, principalmente niacina, tiamina, vitamina C, ou vitamina B12
  • Ataques
  • Queda brusca da temperatura corporal (hipotermia)

Sinônimos

Desorientação; Pensamento - confuso; Pensamentos - conturbados

Considerações

A confusão pode ocorrer rapidamente ou lentamente ao longo do tempo, dependendo do caso. Muitas vezes, a confusão é temporária. Outras vezes, é um estado permanente e não pode ser curado. Pode estar associada ao delírio ou demência.

A confusão é mais comum em idosos, e geralmente ocorre durante a internação em um hospital.

Algumas pessoas confusas podem apresentar comportamento estranho ou incomum ou podem agir agressivamente.

Prevenção

Prevenção

  • Não beba muito álcool
  • Tenha uma dieta balanceada com muitas vitaminas e minerais
  • Repouse bastante
  • Mantenha um controle cuidadoso de seu nível de açúcar no sangue caso tenha diabetes
  • Pare de fumar, o que provoca maiores riscos de doença pulmonar
  • Tome os medicamentos conforme a prescrição médica

Diagnóstico e Exames

Na consulta médica

O médico realizará um exame físico e fará perguntas como:

  • A pessoa confunde os dias pelas noites? A pessoa permanece acordada durante a hora normal de sono?
  • O paciente tem problema para reconhecer outras pessoas?
  • A pessoa sabe onde está?
  • Sabe a hora e a data do dia?
  • A pessoa consegue responder as perguntas corretamente?
  • Está sempre confusa?
  • Apresenta muitos casos de confusão?
  • A confusão se agrava rapidamente?
  • A confusão vem a vai?
  • Houve algum caso de doença recente?
  • Houve algum caso recente de lesão na cabeça?
  • A pessoa é diabética?
  • A pessoa possui doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), bronquite crônica, ou um distúrbio pulmonar similar?
  • Quais medicamentos a pessoa está tomando?
  • Houve algum caso de consumo de drogas ou álcool?

Entre os testes podem estar:

  • Exames de sangue
  • Tomografia computadorizada da cabeça
  • EletroencefalogramaEEG
  • Exames de estado mental
  • Testes neuropsicológicos
  • Exames de urina

Buscando ajuda médica

Ligue para emergência se:

  • A confusão ocorreu subitamente ou houve algum sintoma como: Pele viscosa ou fria
  • Tontura ou vontade de desmaiar
  • Pulso rápido
  • Febre
  • Cefaleia
  • Respiração lenta ou rápida
  • Tremor descontrolado
  • A confusão ocorreu repentinamente em alguém com diabetes.
  • A confusão ocorreu após uma lesão na cabeça.
  • A pessoa fica inconsciente a toda hora.

Caso tenha sofrido um quadro de confusão, marque uma consulta com o seu médico.

Tratamento e Cuidados

Cuidados

Uma boa forma de descobrir se alguém está confuso é perguntar a pessoa o nome dele(a), idade e a data. Se não houver certeza ou a resposta estiver incorreta, estão confusos.

Para confusão súbita em função de baixo nível de açúcar no sangue (por exemplo, em função de medicamento de diabetes), a pessoa de tomar algum líquido com açúcar ou comer algum doce. Se a confusão durar mais de 10 minutos, procure um médico.

Uma pessoa confusa não deve ser deixada sozinha. Por segurança, a pessoa poderá precisar de moderações físicas.

Para ajudar uma pessoa confusa:

  • Sempre se apresente, independentemente do grau de proximidade que a pessoa tinha antes com você.
  • Lembre sempre onde ela está.
  • Coloque um calendário e um relógio perto da pessoa.
  • Converse sobre eventos atuais e planos para o dia.
  • Tente manter o ambiente silencioso, calmo e pacato.

Para confusão repentina provocada por Nível baixo de açúcar no sangue (por exemplo, por causa de medicamento de diabetes), a pessoa deve tomar uma bebida com açúcar ou comer um doce. Se a confusão durar mais do que 10 minutos, procure o médico.

Consulte também: Demência - cuidados em casa

Fontes e referências

  • Inouye SK. Delirium and other mental status problems in the older patient. Em: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23a ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier. 2007: cap 26.
  • Knopman DS. Alzheimer''s disease and other dementias. Em: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23ª ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier. 2007: cap 425.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não