PUBLICIDADE

Aposte nos alimentos que repõem as energias após o treino

Dieta adequada para quem pratica exercícios físicos

Todo mundo já sabe que uma alimentação adequada e a prática de exercícios são os principais ingredientes para uma vida mais saudável. Porém, muitos não conseguem aliar esses dois hábitos tão importantes. Pessoas que fazem exercícios precisam de uma alimentação diferente, já que gastam mais energia. Esse cuidado é necessário, principalmente, depois da atividade física, quando o corpo está totalmente "descarregado". Portanto, aqui vão algumas dicas de como se alimentar após os treinos:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

SAIBA MAIS

Dor muscular depois do treino: como se recuperar

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É recomendado tomar whey protein para ganhar massa muscular?

Invista em proteínas e carboidratos

proteínas e carboidratos - Foto Getty Images
proteínas e carboidratos - Foto Getty Images

Durante o exercício físico, nosso corpo sofre uma série de pequenas lesões musculares, além do gasto energético aumentado. As proteínas têm como função recuperar os tecidos musculares que sofreram as pressões da atividade física, e os carboidratos vão recuperar nossa reserva energética. "Por isso, quanto mais cedo ingerirmos carboidratos e proteínas, mais rápido o metabolismo entra em processo de recuperação e regeneração", conta a nutricionista Bárbara Sanches.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nesse caso, a ingestão de carboidratos simples é recomendada. O ideal é deixar os carboidratos complexos para antes do treino, já que sua digestão é lenta e, por isso, fornecem energia por mais tempo. Para uma reposição de energia imediata, opte pelos carboidratos de queima rápida logo após o fim do treino.

Confira algumas sugestões: lanche de atum, ovo mexido em panela antiaderente com batatas. Sucos de frutas, água de coco, gelatina, leites, frutas, hortaliças e legumes in natura, chás e sopas.

Evite alimentos gordurosos

alimentos gordurosos - Foto Getty Images
alimentos gordurosos - Foto Getty Images

Os alimentos ricos em gorduras não ajudarão nem na recuperação energética, nem na perda de peso. Por demorarem mais para serem digeridas, demandam um trabalho maior do nosso organismo, que vai diminuir a atividade de queima calórica e concentrar-se na digestão da gordura. Além disso, ela em nada contribui para recuperação de tecidos, como as proteínas contribuem, ou reposição de energia, como os carboidratos. Por isso, passe longe!

Coma logo após o exercício

Coma logo após o exercício - Foto Getty Images
Coma logo após o exercício - Foto Getty Images

Não só ganhar energias para os treinos é importante, como também recarregar o corpo depois de gastar tudo no exercício. "Durante a atividade física, ocorrem no corpo pequenas lesões musculares, além do gasto energético aumentado. Por isso, quanto mais cedo comermos alimentos ricos em carboidratos e proteínas, mais rápido o metabolismo entrará em processo de recuperação e regeneração", conta a nutricionista Barbara. "O ideal é consumir nos primeiros 30 minutos do treino e, no máximo, duas horas depois", completa.

Se a meta é perder peso, espere 30 minutos

Espere 30 minutos - Foto Getty Images
Espere 30 minutos - Foto Getty Images

Para quem está na luta para emagrecer, a dica muda: "Durante e logo após o exercício há o aumento do metabolismo basal, ou seja, continuamos queimando calorias mesmo depois de uns 30 minutos do exercício. Então, se a intenção é emagrecer, não deve ser consumido nenhum alimento neste primeiro intervalo de 30 minutos", afirma a nutricionista Barbara. Após esse intervalo, a recomendação alimentar é a mesma - carboidratos e proteínas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tome bastante água

Beba água - Foto Getty Images
Beba água - Foto Getty Images

O corpo transpira e perde muito líquido durante a atividade física. "Por isso, repor essa perda também é muito importante", diz a nutricionista Camila Abreu, membro da Equipe de Nutrição do Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente da UNIFESP. "Devemos ingerir líquidos continuamente e de forma fracionada", completa.

E se eu não comer nada?

Sem comer - Foto Getty Images
Sem comer - Foto Getty Images

"Os cuidados nutricionais depois da prática dos exercícios são de extrema importância para que não sejam provocadas lesões ou fadigas", diz Camila. Por isso, uma alimentação adequada é essencial para um melhor desempenho nos treinos, além de evitar lesões musculares e aquele cansaço por um longo tempo.