Exercícios na piscina com boia espaguete fortalecem a musculatura

Aproveite o calor para cair na água, mas sem largar a atividade física

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 07/11/2016

Aproveite os dias de calor na piscina para aliar diversão e exercícios físicos. Você só vai precisar de disposição e daquelas boias tipo espaguete para começar.

"Os exercícios feitos com o espaguete melhoram nosso condicionamento cardiovascular e neurovascular, além de queimar cerca de 400 calorias em apenas uma hora de exercício com intensidade moderada", diz a personal trainer Martha Marcondes.

A atividade aquática é uma das mais completas, pois trabalhamos todos os grupos musculares e também a respiração. A modalidade, inclusive, é um ótimo exercício para os idosos. "Exercícios feitos na água não tem impacto, o que diminui os riscos de lesões musculares", aponta o personal trainer Flávio Bueno.

Idosos na piscina - Foto Getty Images
Idosos na piscina

Pés no chão e musculatura a toda
Exercícios com espaguetes feitos com os pés no chão, ou seja, sem boiar, costumam combinar movimentos com os braços e pernas, pois o aproveitamento é maior e não exige condicionamento físico muito elevado - ou seja, mesmo aqueles que não praticam exercícios com frequência podem fazer.

Existem diversos movimentos, e você pode combinar braços e pernas da forma que preferir.

Braços
Os movimentos com os braços trabalham a musculatura superior do nosso corpo, que são os braços, ombros, costas e peitoral. Eles podem ser feitos segurando o espaguete de duas formas:

1) Com as duas mãos, na largura dos ombros, mantendo os braços e mãos sempre dentro da água:
- Movimentar o espaguete para cima e para baixo.
- Iniciar o exercício com o espaguete junto ao corpo, um pouco abaixo do peito, e fazer movimento para frente e para trás, trazendo o espaguete para junto do corpo novamente.
- Fazer movimentos para a esquerda e para direita, rotacionando o tronco.

Exercícios boia espaguete - Foto Getty Images
Exercícios boia espaguete

2) Com as duas mãos, pelas pontas, formando um arco.
As mãos ficam dentro da água e o arco, fora. Segundo Martha, os exercícios feitos dessa forma têm uma intensidade mais baixa, pois você movimenta uma massa menor da boia dentro da água.

- Fazer movimentos para frente e para trás
- Fazer movimentos circulares para frente
- Para a esquerda e para a direita, rotacionando o tronco
- Para cima e para baixo

Pernas
Enquanto as mãos seguram o espaguete e fazem os movimentos, suas pernas também devem trabalhar. Os movimentos trabalham os músculos da coxa, glúteos e abdômen, e devem ser feitos sempre alternando as pernas:

- Flexionar os joelhos levando o calcanhar até os glúteos
- Elevar os joelhos à frente, deixando-os na linha do quadril.
- Dar pequenos chutes
- Dar pulinhos, elevando uma perna para o lado
- Elevar a perna para frente, mantendo-a estendida

Espaguete suspensão - Foto Getty Images
Espaguete suspensão

Exercícios de suspensão
Os exercícios de suspensão são aqueles feitos com o espaguete em baixo dos braços, permitindo que a pessoa deixe as pernas livres, meio boiando.

"Por exigir mais do abdômen, que vai trabalhar para manter o corpo suspenso, recomenda-se fazer movimentos só com as pernas", diz Martha.

Porém, para aqueles que têm mais resistência e praticam atividade física com frequência, vale arriscar uma combinação. Nesse caso, Martha conta que os braços podem fazer um movimento estilo "nado cachorrinho", com o espaguete embaixo dos braços e virado para frente.

Você também pode praticar movimentos de pernas em suspensão:

- Bater as pernas, completamente dentro da água ou dando saltinhos para fora
- Abrir e fechar as pernas, fazendo um movimento estilo tesoura
- Pedalar na água, como se estivesse em uma bicicleta

Hora de relaxar!
Terminados os exercícios, nada como aproveitar a piscina para relaxar um pouco. Deite a cabeça no espaguete e aproveite para descansar a musculatura.