Complicações do diabetes: os cuidados para se prevenir dos riscos mais comuns

Saúde do diabético pode depender de práticas simples, como reduzir o sal

POR LAURA TAVARES - PUBLICADO EM 26/06/2011

Quando uma pessoa recebe o diagnóstico de diabetes, a atenção especial a pequenos detalhes cotidianos deve ser redobrada. Simples hábitos, como escovar os dentes, podem fazer toda a diferença na hora de prevenir complicações perigosas relacionadas à doença. Segundo o endocrinologista Frederico Marchisotti, mestre em Endocrinologia pela USP e especialista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, "o diabetes é uma doença que afeta o corpo todo". Mesmo assim, é possível levar uma vida saudável e de qualidade dando atenção a alguns cuidados. 

Fique de olho nos pés

É comum a perda de parte da sensibilidade nos membros inferiores dos diabéticos, devido a uma lesão chamada neuropatia diabética. Esse problema afeta nervos do corpo que - entre outras funções - levam informações sensitivas ao cérebro. Em geral, a primeira parte afetada são os dedos e outras áreas dos pés. Assim, feridas, cortes, rachaduras e calos, pratos cheios para instalação de fungos e bactérias, podem passar despercebidos pela falta da sensação de dor ou incômodo.

O problema é que o sistema imunológico de um diabético é menos eficaz do que o de uma pessoa sem a doença. Portanto, o menor machucado pode infeccionar e evoluir para um grave caso de gangrena, explica o endocrinologista. No caso da necessidade de uma cirurgia de amputação, as complicações ficam cada vez mais perigosas, já que novos focos de infecção surgem a cada incisão.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não