Corrija 11 erros que pioram crises de Crohn

Doença pede cuidados com a dieta, a saúde mental e o uso de remédios

POR LETÍCIA GONÇALVES - ATUALIZADO EM 15/05/2014

Pouco conhecida até entre os especialistas, a doença de Crohn aflige inicialmente pela falta de informações. É difícil descobrir como lidar com o problema e evitar que os sintomas (diarreia, dores abdominais fortes, febre e sangramento retal) repitam-se com frequência. "Cerca de 5% dos pacientes sofre com alguma crise, mesmo seguindo o tratamento. O restante consegue levar uma rotina normal, na maioria das vezes sem privação, desde que siga as orientações médicas", afirma o gastroenterologista André Zonetti de Arruda Leite, da Federação Brasileira de Gastroenterologia.

O pacote de cuidados contra as crises de Crohn vai além de tomar remédio na hora certa e fazer consultas médicas em intervalos regulares. Como se trata de doença crônica, como diabetes e hipertensão, o jeito é monitorar cada passo e evitar que as restrições atrapalhem o seu dia a dia. Uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais das áreas de Gastroenterologia, Coloproctologia, Psicologia e Nutrição, se reuniu a pedido do Minha Vida e mapeou os erros de comportamento que podem detonar uma crise ou agravar os sintomas de quem convive com o mal.

Negar a doença

Aceitar a doença de Crohn e buscar informações sobre ela é o primeiro passo. "O paciente precisa entender que este tipo de inflamação intestinal não tem cura e, por isso, é fundamental adaptar os hábitos a fim de evitar crises", afirma o gastroenterologista Orlando Ambrogini Júnior, da Unifesp. Falar da doença para as pessoas próximas evita o constrangimento social e permite que você continue saindo com os amigos sem sentir vergonha porque não pode comer algum tipo de alimento, por exemplo. "Quando há suporte da família e dos amigos, até o consumo da medicação é feito com mais cuidado. O paciente engaja-se no tratamento", afirma a psicóloga Vanessa Marques Jorge, do Instituto Central do Hospital das Clínicas.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.