publicidade

O que é Arritmia cardíaca?

Sinônimos: Sensações de batimentos cardíacos; Batimento cardíaco irregular; Palpitações; Sensação de esmagamento ou aceleração cardíaca

Arritmia cardíaca é a sensação de que os batimentos cardíacos parecem esmagadores ou acelerados. Você pode simplesmente sentir um desconforto com seus próprios batimentos ou ter a sensação de falta ou interrupção desses batimentos. O ritmo cardíaco pode ser normal ou anormal. A arritmia cardíaca pode ser sentida no tórax, garganta ou pescoço.

Consulte também: Arritmia

Causas

As arritmias cardíacas cardíacas podem ser causadas por:

Considerações

Em condições normais, o coração bate entre 60 e 100 vezes por minuto. Em pessoas que se exercitam rotineiramente ou que recebem medicamentos para diminuir o ritmo cardíaco, a frequência pode cair para 55 batimentos por minuto.

Se sua frequência cardíaca for rápida (mais de 100 batimentos por minuto), essa condição é chamada de taquicardia. A frequência lenta é chamada de bradicardia. O batimento cardíaco extra ocasional é chamado de extrassístole.

Adam Alterações no ritmo cardíaco são indicações de arritmia cardíaca

De modo geral, as arritmias cardíacas não são quadros considerados graves. Entretanto, isso depende de as sensações representarem ou não um ritmo cardíaco anormal ( arritmia). As condições a seguir indicam maior probabilidade de ritmo cardíaco anormal:

  • Doença cardíaca conhecida à época da manifestação das palpitações
  • Fatores de risco significativos para doença cardíaca
  • Válvula cardíaca anormal
  • Anormalidade de eletrólitos no sangue -- por exemplo: baixo nível de potássio

Prevenção

Para prevenir a arritmia cardíaca, deve-se tentar reduzir o estresse e os fatores de risco para doença cardíaca:

  • Não fumar.
  • Ingerir dieta bem balanceada e pobre em gorduras.
  • Praticar exercícios regularmente.
  • Tentar a prática de técnicas de controle do estresse como yoga, tai chi ou meditação.
  • Certificar-se de que a pressão arterial e o nível de colesterol estejam sob controle.

Na consulta médica

O médico obterá o histórico clínico para arritmia cardíca, realizará um exame físico e um eletrocardiograma.

Em caso de dor no tórax, falta de ar ou outros sintomas preocupantes, e se o paciente estiver no setor de emergência, o ritmo cardíaco será monitorado. Se necessário, uma intervenção de emergência será realizada para restaurar o ritmo cardíaco normal.

Se não houver sintomas na consulta, o médico perguntará qual era o pulso no momento em que as palpitações começaram e se o ritmo cardíaco parecia regular ou não.

O paciente poderá ser solicitado a informar:

  • Você sente falta ou interrupção de batimentos?
  • Durante a arritmia cardíaca você sente a frequência cardíaca lenta ou rápida?
  • Você tem a sensação de batimento acelerado, em pancadas ou trêmulo?
  • Existe um padrão regular ou irregular para as sensações de batimentos cardíacos incomuns?
  • A arritmia cardíaca começou e terminou subitamente?
  • Quando ela ocorrem? Em resposta a lembranças de um evento traumático? Quando você está deitado e em repouso? Quando você muda de posição? Quando você se emociona?
  • Você tem quaisquer outros sintomas?

Como parte do exame físico, o médico verificará a temperatura, pulso, frequência respiratória e pressão arterial. Deve-se dedicar atenção especial ao coração e aos pulmões.

Os testes diagnósticos que podem ser aplicados incluem:

  • Eletrocardiograma
  • Monitoramento cardíaco ambulatorial (por exemplo: uso de um monitor Holter durante 24 horas, ou outro tipo de monitor durante duas semanas ou mais)
  • Ecocardiograma
  • Estudo eletrofisiológico (EPS)
  • Angiografia das coronárias

Se o médico achar que você apresenta ritmo cardíaco anormal (arritmia cardíaca), registre o nome do episódio e certifique-se de informar os demais profissionais envolvidos na prestação de cuidados de sua saúde.

Buscando ajuda médica

Ligue para a emergência em caso de:

  • Perda e recuperação da consciência.
  • Perda de consciência de alguém próximo.
  • Em caso defalta de ardor no tórax, sudorese incomum, tontura ou sensação de desfalecimento.

O médico deverá ser chamado imediatamente se:

  • os batimentos cardíacos extra forem frequentes (mais de 6 por minuto ou manifestandose em grupos de 3 ou mais)
  • a pessoa tiver fatores de risco para doença cardíaca como colesterol alto, diabetes ou pressão arterial elevada
  • as palpitações forem novas ou diferentes
  • opulso acusar mais de 100 batimentos por minuto (na falta de exercício, ansiedade ou febre).

PUBLICIDADE

Cuidados

Diminuir a ingestão de cafeína reduzirá significativamente as arritmias cardíacas. Diminuir o estresse e a ansiedade pode ajudar a atenuar a frequência ou a intensidade das arritmias cardíacas. Na ocorrência de arritmia cardíaca, deve-se praticar exercícios de respiração ou de relaxamento profundo (um processo passo-a-passo de enrijecer e em seguida relaxar cada grupo muscular do corpo). A prática regular de yoga ou tai chi pode reduzir a frequência das palpitações.

Deve-se manter um registro da frequência das palpitações, quando ocorrem, a duração, a frequência cardíaca no momento da ocorrência e o que a pessoa estiver sentindo na ocasião. Essas informações poderão ajudar o médico a diagnosticar tanto a gravidade quanto a causa subjacente das palpitações.

Uma vez descartada a gravidade do quadro pelo médico, tente NÃO prestar atenção às arritmias, a menos que se perceba aumento súbito das mesmas ou qualquer alteração no quadro.

Caso a pessoa nunca tenha sofrido de arritmias cardíacas anteriormente, o fato deverá ser informado ao médico.

PUBLICIDADE

Fontes e referências:

  • Goldman L. Approach to the patient with possible cardiovascular disease. Em Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23ª ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2007: cap. 48.

ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

  • Encontre um médicoindicado por outras pessoas

    em

  • Indique um médicoe ajude outras pessoas

    Estado
    Qual o nome do seu médico?

Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Encontre médicos de confiança indicados por outras pessoas

buscar médicos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Descubra o seu Peso ideal Saiba se seu peso atual e sua meta de
peso
são saudáveis.
ex: 75,5kg / 1,70m
 

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

siga o minha vida e melhore sua qualidade de vida

Saiba mais

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X