Descolamento de retina

Visão Geral

O que é Descolamento de retina?

O descolamento de retina é a separação da membrana fotossensível na parte de trás do olho (a retina) das suas camadas de suporte.

Causas

A retina é um tecido transparente na parte traseira do olho. Ela ajuda a ver as imagens que estão focadas nela através das córneas e das lentes. Os descolamentos de retina são frequentemente associados a uma ruptura ou um buraco na retina, através do qual fluidos do olho podem vazar. Isso causa a separação da retina de outras camadas.

O deslocamento de retina geralmente acontece sozinho, sem que haja uma causa subjacente. Entretanto, trauma, diabetes ou um distúrbio inflamatório também podem causá-lo. É frequentemente provocado por uma circunstância chamada de descolamento do vítreo posterior.

Durante o descolamento de retina, o sangramento dos pequenos vasos sanguíneos da retina podem obstruir o interior do olho, que normalmente é preenchido com o gel vítreo. A visão central fica gravemente afetada se a mácula, a parte da retina responsável pela precisão na visão, fica descolada.

Os fatores de risco são prévia cirurgia no olho, miopia, histórico familiar de descolamento de retina, diabetes não controlada e trauma.

Exames

Serão realizados testes para verificar a resposta da retina e da pupila e a habilidade de enxergar as cores corretamente. Isso pode incluir:

  • Eletrorretinograma (uma gravação de correntes elétricas na retina produzidas por estímulos visuais)
  • Angiografia de fluoresceína
  • Determinação da pressão intraocular
  • Oftalmoscopia
  • Teste de refração
  • Fotografia da retina
  • Teste para determinar a capacidade de ver cores apropriadamente (detecção de cor)
  • Acuidade visual
  • Exame com lâmpada de fenda
  • Ultrassom do olho

Sintomas

Sintomas de Descolamento de retina

  • Flashes brilhantes de luz, principalmente na visão periférica
  • Visão borrada
  • Manchas flutuantes no olho
  • Sombra ou cegueira em uma parte do campo visual de um olho

Buscando ajuda médica

Um descolamento de retina é um problema urgente que exige atenção médica dentro de 24h a partir dos primeiros sintomas.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Descolamento de retina

A maioria dos pacientes com descolamento de retina necessitará da cirurgia, seja ela imediata ou após um certo período. (Entretanto, a cirurgia pode não ser necessária se não houver sintomas ou se o descolamento tiver ocorrido há algum tempo.)

Os tipos de cirurgia incluem:

  • Criopexia (frio intenso aplicado em uma área com uma sonda de gelo) para ajudar a cicatrizar, o que fixa a retina na camada subjacente
  • Cirurgia a laser para selar as ruturas ou os buracos na retina
  • Retinopexia pneumática (colocação de bolhas de gás no olho) para ajudar a retina a flutuar de volta ao seu lugar.

A cirurgia a laser é realizada após a retinopexia pneumática para fixação permanente. Isso é feito geralmente no consultório médico.

Descolamentos mais extensivos podem exigir cirurgias em uma sala de operação. Tais procedimentos incluem:

  • Introflexão escleral para alinhar a parede do olho
  • Vitrectomia para remover gel ou tecido de cicatriz puxando da retina

Consulte também: Reparo do descolamento de retina

Convivendo (prognóstico)

Expectativas

A recuperação depende da localização e da extensão do descolamento e do tratamento prévio. Se a mácula não foi descolada, os resultados do tratamento podem ser excelentes. A maioria dos descolamentos de retina pode ser reparada, mas não todos.

Complicações possíveis

Um reparo mal sucedido na retina resulta na perda da visão.

Prevenção

Prevenção

Use proteção para os olhos para prevenir um trauma ocular. Controle sua glicose cuidadosamente se você tem diabetes. Visite o especialista pelo menos uma vez ao ano, principalmente se você tem fatores de risco para o descolamento da retina.

Fontes e referências

  • Costarides AP. Elevated intraocular pressure following vitreoretinal surgery. Ophthalmol Clin North Am. 2004;17:507-512.
  • Fay A. Diseases of the visual system. In: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2007:chap 449.
  • Yanoff M, Duker JS, Augsburger JJ, et al. Ophthalmology. 2nd ed. St. Louis, Mo: Mosby; 2004:786-791.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não