Líquen plano: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Líquen plano?

O líquen plano é uma doença inflamatória mucocutânea, ou seja capaz de atingir a pele, mucosas e também anexos , como cabelos e unhas. Trata-se de uma condição benigna, porém de longa duração e muito incômoda por causa de seus sintomas.

PUBLICIDADE

Causas

A causa exata do líquen plano ainda é desconhecida. Algumas hipóteses sobre suas causas são aventadas, como: imunológica, psicogênica, neurológica, infecciosa ou ainda causada por metais pesados como ouro e mercúrio.

Fatores de risco

Os fatores de risco envolvidos na ocorrência de líquen plano incluem:

  • Exposição a metais pesados como ouro e mercúrio
  • Portadores de hepatite C
  • Pacientes muito ansiosos e com quadro de depressão.

O líquen plano afeta principalmente adultos de meia idade ( cerca de 30 anos), sem predileção por sexos e é menos comum em crianças.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Sintomas

Sintomas de Líquen plano

Os principais sinais e sintomas de líquen plano incluem:

Lesões orais

  • O líquen plano oral é uma forma de líquen plano e pode ou não estar associada a lesões de pele. As manifestações são mais comuns na mucosa oral , porém pode afetar qualquer outra mucosa do corpo
  • Pode se apresentar de várias formas, dentre elas: bolhosa, em placa, hipertrófica ( placa mais grossa), papulosa, erosiva
  • Pode ser doloroso
  • São localizados nas laterais da língua, parte interna da bochecha e gengiva
  • Se apresentam como manchas azuis esbranquiçadas
  • Formam linhas em forma de uma rede

Lesões de pele

  • São normalmente encontradas na parte interna dos pulsos, pernas, genitais
  • Coçam muito
  • Aparecem simetricamente ( em ambos os pulsos por exemplo)
  • Ocorrem em lesões únicas ou múltiplas
  • Podem ser cobertos por finas listras brancas (chamados de estrias de Wickham)
  • Têm aparência brilhante e escamosa
  • Possuem uma coloração vermelha-arroxeada na pele
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Consulte um médico:

  • Para realizar o diagnostico
  • Iniciar um tratamento
  • A condição continuar ou piorar mesmo com tratamento

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar líquen plano são:

  • Clínico geral
  • Dermatologista
  • Infectologista
  • Imunologista
  • Dentista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas surgiram?
  • Qual a intensidade dos sintomas?
  • Os sintomas incomodam muito?
  • Você tomou alguma medida para aliviar os sintomas?
  • Você já foi diagnosticado com alguma outra condição médica? Qual?
  • Está tratando atualmente alguma outra condição médica?.

Diagnóstico de Líquen plano

O médico pode concluir o diagnóstico baseando-se apenas na aparência das lesões presentes na pele e na boca.

Se necessário for, uma biópsia de lesão pode confirmar o diagnóstico de líquen plano. Exames de sangue podem ser feitos para descartar outras possíveis, causas, como hepatite.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Líquen plano

Os principais objetivos do tratamento para líquen plano consistem em reduzir os sintomas, acelerar a cura e promover melhora na qualidade de vida do paciente. Ele inclui:

  • Medicamentos antihistamínicos, para aliviar a coceira
  • Medicamentos orais que acalmem o sistema imunológico, como corticóides e em casos mais graves como ciclosporina , metotrexate
  • Medicamentos orais da classe dos retinoides ( derivados de vitamina A) que podem controlar a proliferação exagerada de queratina ( exclusivo para o líquen plano hipertrófico)
  • Enxaguantes bucais com lidocaína para anestesiar a área e tornar a alimentação mais confortável (para lesões bucais)
  • Corticosteroides tópicos
  • Injeções de corticosteroides na lesão
  • Terapia com luz ultravioleta com UVA ou UVB

Medicamentos para Líquen plano

Os medicamentos mais usados para o tratamento de líquen plano são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

Úlceras orais, característicos do líquen plano oral podem evoluir para câncer na região. A malignização de algumas formas de líquen plano na pele pode ocorrer pela intensa multiplicação celular que acontece na doença.

Expectativas

Normalmente, o líquen plano não é nocivo para a saúde, mesmo porque costuma melhorar com o tratamento . O tempo médio de recuperação é de cerca de 18 meses, mas pode estender-se por anos e tornar-se uma doença crônica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Prevenção

Prevenção

Não há formas conhecidas de prevenção de líquen plano.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Fontes e referências

  • Revisado por: Thais Jerez, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia (CRM/SP 134308)
  • Clínica Mayo – organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que reúne conteúdos sobre doenças, sintomas, exames médicos, medicamentos, entre outros.
  • Manual Merck - livros de referência médica produzidos pela empresa farmacêutica Merck & Co., que cobrem uma ampla gama de temas médicos, incluindo doenças, testes, diagnósticos e medicamentos.
  • Sociedade Brasileira de Dermatologia – instituição que atua na promoção de ensino e pesquisa nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica, oncológica, cosmiátrica e hansenologia.