publicidade

Câncer de mama: aprenda como fazer o autoexame

Procedimento detecta nódulos, mas não faz diagnóstico precoce do câncer

Apagar a luz

Por Minha Vida - atualizado em 04/09/2012

Confira outros vídeos da série Câncer de mama

Sinais do câncer de mama
Secreção pelo bico do seio
Alterações na pele e no bico do seio
Nódulos em qualquer região da mama

Fatores de risco
Ser mulher
Pacientes que já tiveram câncer de mama têm mais chances de voltar a ter a doença
Histórico familiar de câncer
Uso de hormônios, como reposição hormonal

Autoexame
As mulheres que menstruam devem fazer o autoexame na semana seguinte ao término da menstruação. Quem não menstrua deve ter uma data fixa para realizar o exame mensalmente. O autoexame não faz o exame precoce, ele somente detecta quando o câncer já está instalado.

Para realizá-lo a mulher deve se despir da cintura para cima, ficar em frente ao espelho e observar se há alterações na mama. Depois, levanta o braço e com a mão oposta vai fazendo movimentos circulares com as pontas dos dedos indicador e médio, sentindo a consistência da mama. O teste é feito nos dois seios. Em seguida, deita-se na cama e repete os mesmos movimentos.

Edson Montoavani, coordenador do departamento de mastologia do IBCC O, explica que o tumor é mais frequente nas mulheres, mas também pode aparecer nos homens. Neste caso, quando há uma nodulação ou dor atrás do bico do seio deve-se procurar um médico mastologista. 

ver texto completo


Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pergunte ao Especialista sobre
câncer de mama

Sua dúvida respondida por Especialistas Minha Vida perguntar
 

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X