Benefícios do sexo para a saúde

SÉRIE BEM-ESTAR

POR MINHA VIDA - ATUALIZADO EM 03/09/2013

A prática sexual sustenta a autoestima, fazendo bem ao corpo e à mente

O prazer na cama é fonte de muita saúde. A psicóloga e sexóloga Carla Cicarelo explica que fazer sexo constantemente sustenta a autoestima. Quem tem uma vida sexual ativa cuida mais dela mesma, investe no físico, se produz, cuida da saúde, da beleza.

Orgasmo
Para chegar ao extremo prazer é preciso seguir algumas etapas: desejo, excitação, orgasmo e resolução. Esta última é o momento em que o corpo começa a voltar para o estado inicial. O orgasmo seria a finalização de tudo que foi vivenciado na relação sexual. As mulheres não chegam pronta para o sexo. Elas precisam de uma fase anterior, onde acontece a conquista. Elas precisam se sentir confiante, cúmplice, segura, sentir admiração pelo parceiro.

Se você nunca tem orgasmo é a mesma coisa que trabalhar o mês inteiro e não receber o seu salário. Pode acontecer sim, mas sempre sem orgasmo é uma disfunção sexual instalada. A capacidade para ter orgasmo é a mesma para os dois sexos. A mulher precisa conhecer o corpo dela através da masturbação. Assim, quando for para uma relação sexual, saberá mostrar como gosta que a toque, como ela quer que seja e, com isso, acaba se entregando muito mais.

Atualmente, no consultório médico, as mulheres andam se queixando dos parceiros, pois os homens estão mais a vontade para dizer que não estão a fim de fazer sexo. Isso hoje é comum. Portanto, as mulheres precisam de sexo tanto quanto os homens. Atividade sexual faz bem para os dois, pois libera uma série de substâncias que contribui para a saúde!! 

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não