PUBLICIDADE

Faça a ceia de Natal gastando pouco

Uma das alternativas é trocar o peru por frango e transformar o panetone em pavê

Final de ano é tempo de confraternização, solidariedade e muita comilança. Com duas ceias fartas em menos de uma semana, é difícil manter o regime - e a saúde financeira também.

Por isso, a palavra de ordem é: economia, tanto nas calorias quanto no orçamento doméstico. "A regra é improvisar. Peru e panetone são clássicos que podem ser substituídos com criatividade", diz o chef de cozinha Dennis Fujita.

Com a ajuda do chef, a equipe do Minha Vida preparou a lista de sugestões que você confere a seguir. São dicas para inovar nas festas e começar o ano livre da culpa por comer ou gastar demais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como sofisticar a ceia sem pesar no bolso

Carnes e aves

No lugar do peru de Natal, pode-se utilizar um frango recheado com farofa doce ou de legumes. "Antes de levar o frango ao forno, tenha o cuidado de mariná-lo no suco de laranja com ervas para dar um toque especial", ensina o chef.

Um arroz com retalhos de bacalhau e maionese de bacalhau incrementam a ceia e servem como alternativa às aves.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Saladas

Segundo o chef, a mesa de Natal pode ser incrementada com variações de salada, para ficar mais vistosa.

Misture folhas verdes, como alface, rúcula e agrião, com frutas secas. Uma salada com cubinhos de queijo, presunto e uvas passas funciona como uma bela entrada. Regue os pratos com azeite antes de servir para sofisticar a apresentação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Capriche na maionese, incluindo maçã, ervilha e milho, além da batata e da cenoura.

Sobremesas

Mousses de frutas não podem faltar numa mesa econômica. Eles refrescam, custam pouco e ficam prontos com muita rapidez.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bolo com sorvete é uma sobremesa que agrada adultos e crianças. E você ainda pode usar as sobras do bolo para servir no café e preparar uma receita caseira de sorvete.

Nesta época do ano as frutas secas são bem mais acessíveis e você pode até pensar no panetone caseiro como opção para presentear os amigos e familiares.

Transforme as sobras em novos pratos

Paella picante de peru

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Doure 350 g de calabresa defumada em rodelas. Reserve.

Numa caçarola grande que possa ir ao forno, aqueça ¼ de xícara de azeite. Refogue 1 cebola picada até dourar. Junte 1 pimentão picado e cozinhe por mais 3 minutos. Adicione, nesta ordem: 2 xícaras de arroz, 1 envelope de açafrão, 4 xícaras de caldo de galinha, 4 tomates picados, 1 colher (chá) de orégano e ½ colher (chá) de pimenta caiena. Deixe ferver, tampe e cozinhe em fogo baixo por 15 minutos.

Misture 4,5 xícaras de sobras de peru, 1 xícara de ervilhas congeladas e a calabresa. Asse no forno por 10 minutos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Peru à chinesa com amêndoas

Numa frigideira grande, aqueça 2 colheres (sopa) de óleo e frite, por três minutos, ½ cebola picada, 4 xícaras de repolho picado e 1 xícara de salsão (aipo) picado. Junte ½ colher (chá) de açúcar, ¾ de xícara de caldo de galinha, ¼ de xícara de água, 1 colher (sopa) de shoyu e 1 colher (chá) de óleo de gergelim. Deixe ferver por mais três minutos.

Então, adicione 1 colher (sopa) de maisena dissolvida em 2 colheres (sopa) de água. Quando ferver, acrescente 2 xícaras de sobras de peru picadas. Sirva com arroz branco e salpique lascas de amêndoa levemente torradas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sanduíche de peru com gorgonzola

Esfarele ¼ de xícara de gorgonzola sobre a mesma quantidade de maionese e misture bem até obter um patê.

No pão de fôrma (ou outro de sua preferência), monte os sanduíches com esse patê, fatias de sobras de peru, folhas de radicchio e tiras de bacon crocantes. Toste os dois lados do sanduba numa frigideira com um pouco de manteiga derretida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sobras das carnes e legumes

Farofas são as opções ideais, pois além de saborosas são bastante nutritivas: "Aqui não há nada mais delicioso do que uma farofa bem brasileira, toda colorida e cheia de combinações", sugere o chef.

Opções de sobremesas rápidas

Pavê de Tiramisu

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Intercale camadas de sobras de panetone com um creme feito com 3 gemas batidas, 1 lata de creme de leite e açúcar à gosto. Polvilhe chocolate em pó e sirva gelado.

Crouton Doce

Corte o panetone em quadradinhos e os torre levemente numa frigideira com uma colher se sopa rasa de manteiga sem sal. Sirva com sorvete e cobertura. Outra dica é intercalar sobras de panetone e bolas de sorvete de sua preferência.

Dicas de congelamento

De acordo com o chef, cada tipo de alimento requer uma embalagem apropriada para o congelamento:

Isopor: só para comidas compradas que já venham nele. Para as carnes, aves e peixes, o plástico é o material mais indicado.

Os alimentos cozidos e pré-cozidos: as embalagens laminadas são as melhores, pois são condutoras de temperatura. Dessa forma, o alimento se congela homogeneamente, sem o risco de estragar.

Congelamento de frutas e legumes

Se você quer aproveitar a safra de algum deles, o melhor é bater no liquidificador e armazenar a polpa. Eles nunca devem ser resfriados inteiros e ao natural. Os potes plásticos não são muito indicados para esse processo.

A temperatura ideal para congelamento varia entre -18°C a -32°C.

O que não deve ser congelado

Há alguns alimentos que mudam de textura, sabor e perdem suas propriedades nutricionais com o congelamento.

Este é o caso dos derivados do leite, como queijos cremosos, chantilly e iogurtes. A maionese também não resiste a baixas temperaturas.

Entre os legumes, devem ser evitados o tomate, pepino, rabanete e outros mais sensíveis.

As folhas verdes perdem a qualidade com o resfriamento e, muitas das vezes, se queimam com o frio.

Dicas importantes

Descongelamento: nunca coloque um alimento para descongelar na pia da cozinha ou ao sol. Durante esse período, ele pode absorver microorganismos que vão comprometer a qualidade da comida. O ideal é, um dia antes do preparo, transferir o prato do freezer para a geladeira.

Validade após o descongelamento: o alimento cru nunca deve ser recongelado, como por exemplo, uma carne que sai do freezer não pode voltar para lá sem o cozimento.

Só neste processo, há contaminação, e a altas temperaturas os microorganismos são eliminados. A regra é: descongelou, prepare o alimento em duas horas.

Solução bem brasileira

Se ainda sim a ceia não cabe no seu bolso, a sugestão do chef é uma solução bem brasileira e criativa: o churrasco comunitário na noite de Natal, onde todos participam com um pouco, desde a carne em si até as bebidas.

"O bom deste sistema é que sempre há muita fartura sendo possível no dia seguinte continuar com as festividades sem ter que gastar muito", finaliza o chef.

Solidariedade no Natal

Natal é tempo de solidariedade, por isso, não desperdice alimentos.

Procure alguma instituição que receba doações ou grupos que saem na noite de Natal pelas ruas de todo o país para distribuir ceias a quem não tem a chance de ter um final de ano farto.

Leia mais sobre a ceia de Natal

Dicas para uma ceia de Natal mais light

5 receitas de sobremesas de Natal saudáveis

6 opções de panetones saudáveis para o Natal

6 receitas práticas com frango para a ceia de Natal

Fuja das ciladas da ceia de Natal e economize calorias