PUBLICIDADE

Tempo de lazer é importante para reduzir o estresse

Tire suas dúvidas sobre como garantir esses momentos para relaxar

Descansar também é preciso. E assim como acontece com o corpo, o nosso cérebro também se desgasta quando o usamos demais. Para quem duvida, um estudo feito em fevereiro de 2012 em Taiwan, na China, demonstrou que adultos com menos tempo para prazer e lazer tinham maiores problemas relacionados ao estresse.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para definir melhor essa condição, o estresse ocorre quando o organismo está sempre em alerta, ou seja, libera constantemente adrenalina para o corpo. "Horas de sono e de lazer servem para reduzir os níveis desse hormônio", explica Leonard Verea, psiquiatra especializado em Medicina Psicossomática e em Medicina do Trabalho.

Mas o que exatamente é um tempo de lazer? "É qualquer momento que se disponibiliza para atividades que se goste muito e o faça pensar fora do usual", define Christian Barbosa, especialista em gerenciamento de tempo e produtividade pessoal. Quanto tempo devo reservar para isso? Preciso relaxar todo santo dia? Confira as respostas para essas e outras dúvidas sobre esse assunto a seguir:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quanto tempo devo dedicar ao lazer no meu dia?

Tempo de lazer - Foto: Getty Images
Tempo de lazer - Foto: Getty Images

Se houvessem regras rígidas sobre quanto tempo caracteriza o tempo ideal de lazer, ele perderia todo o sentido. "Tentar respeitar rigidamente as horas de diversão também pode impedir o relaxamento", conclui Leonard Verea, psiquiatra especializado em Medicina Psicossomática e em Medicina do Trabalho. Para ele, existem quatro momentos importantes em cada dia, para o trabalho, a família, o lazer e para si mesmo, e cada um deve entender como administrar isso.

Portanto, a definição do tempo adequado vai de acordo com a sua rotina. "Depende de cada pessoa, mas quanto mais melhor, dentro do que você precisa. Algumas pessoas precisam de 6 horas, outras 3 horas, e algumas até 24 horas! Tente o máximo que você puder", ensina Christian Barbosa, especialista em gerenciamento de tempo e produtividade pessoal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

E se em algum dia eu não conseguir?

Sem tempo nem para comer - Foto: Getty Images
Sem tempo nem para comer - Foto: Getty Images

Não são todos os dias que você consegue separar um tempinho para respirar fundo e relaxar, não é mesmo? Muitas vezes o trabalho até mais tarde ou mesmo o trânsito podem consumir horas que você poderia estar descansando. Mas não há problema apenas se essa exceção não acabar virando uma regra! "Claro que isso uma vez outra não mata ninguém, mas ao se tornar uma constante, aumenta o nível de estresse, trazendo problemas de saúde", alerta Barbosa.

É importante ter ao menos um dia por semana sem pensar sobre trabalho?

Dia sem trabalho - Foto: Getty Images
Dia sem trabalho - Foto: Getty Images

Com certeza, afinal para isso servem os finais de semana ou as folgas! "Sim, o estresse é uma das causas mais comuns de afastamento do trabalho por longos períodos. No entanto, é possível evitar que isso aconteça se funcionário e empregador trabalharem juntos por isso", acredita o psiquiatra Verea. Mas muitas vezes a culpa da falta de descanso não é nem da empresa, afinal não é só o trabalho que tira o descanso de uma pessoa: atividades domésticas, preocupações financeiras ou mesmo problemas de família podem causar estresse, e não adianta nada tirar um dia de folga e ficar mergulhado nesses outros problemas.

Quais atividades podem ser feitas nesse momento?

Atividades de lazer - Foto: Getty Images
Atividades de lazer - Foto: Getty Images

A única regra dentro dessas atividades é fazer algo que traga diversão e relaxamento. O mais indicado é escolher algo que o distraia de uma forma que você esqueça os problemas de uma vez. "Ver os amigos, ir ao cinema, levar os filhos ao parque, atividade física, mas sem cobrança de desempenho perfeito, curtir alguns hobbies... Tudo isso ajuda muito", lista o psiquiatra Verea. Mas não adianta também fazer algo relacionado ao trabalho. Se você é policial, por exemplo, ler um romance ou ver um filme sobre crimes não será de grande ajuda.

Aparelhos eletrônicos podem fazer parte desse momento de lazer?

Computador e lazer combinam? - Foto: Getty Images
Computador e lazer combinam? - Foto: Getty Images

Celulares e computadores muitas vezes são inimigos do relaxamento. Principalmente por estarem ligados também ao trabalho. "Checar e-mails constantemente piora os níveis de estresse do trabalhador. O ideal é que sejam feitas coisas que te tirem da rotina", ressalta Verea. Outro problema da máquina é que ela envolve um uso mais complexo do cérebro, ativando ambos os hemisférios e liberando hormônios que atrapalham o relaxamento, como alerta Barbosa.

Existe diferença entre o tempo que você passa sozinho e acompanhado?

Amigos e lazer - Foto: Getty Images
Amigos e lazer - Foto: Getty Images

Para Verea, existe sim! "O tempo que se passa sozinho é importante para pensar em si mesmo, em relaxar e colocar em ordem os pensamentos. E o tempo de lazer com a família não pode ser considerado lazer se durante esse tempo, houver atividades de casa, como limpar, cozinhar", frisa o especialista. Além disso, tudo depende da companhia que você terá durante esses momentos. Muitas famílias podem trazer mais problemas para a pessoa pensar do que ajudá-la a se distrair dos dela.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Intervalos de relaxamento no trabalho são considerados tempo de lazer?

Lazer no trabalho - Foto: Getty Images
Lazer no trabalho - Foto: Getty Images

De acordo com o psiquiatra Verea, eles não podem ser considerados especificamente um tempo de lazer, principalmente por terem um tempo determinado para acabarem. Porém, são muito importantes para manter a sanidade no trabalho, como acredita Barbosa. "Essas pequenas pausas ajudam o profissional em sua criatividade. Podem colaborar no descanso dos funcionários, tornando-os mais produtivos", considera o especialista em gerenciamento de tempo e produtividade pessoal.