PUBLICIDADE

Saiba como a medicina ayurvédica trata os distúrbios do sono

Remédios à base de plantas e mudanças de hábitos são formas de tratamento

Para a ayurveda, técnica milenar da medicina indiana, os distúrbios do sono indicam que algum dos elementos da natureza que compõem o ser humano, terra, água, fogo e ar, está em excesso no organismo. O tratamento para esses problemas, portanto, é restabelecer o equilíbrio desses itens, explica o médico ayurvédico e diretor da Associação Brasileira de Ayurveda, Paulo Bastos Gonçalves.

O reequilíbrio é feito com medicamentos à base de plantas medicinais, óleos mornos aplicados em diferentes partes do corpo e massagens. "Mas, de forma geral, a melhor maneira de tratar os problemas para dormir é buscar uma mudança no seu estilo de vida", afirma o especialista.

Medicina ayurvédica busca reequilibrar pacientes com distúrbios do sono - Fotos: Getty Images
Medicina ayurvédica busca reequilibrar pacientes com distúrbios do sono - Fotos: Getty Images

É importante observar um dos principais conceitos do ayurveda: "Os seres humanos são criaturas diurnas e devem seguir os padrões solares, isto é, acordar logo após o nascer do sol e preparar-se para o sono após o anoitecer". Como nem sempre é possível conciliar esse princípio do relógio biológico com os compromissos do dia a dia, o tratamento ayurvédico também vai buscar resolver também as outras causas dos distúrbios do sono.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Segundo Gonçalves, o atendimento ayurvédico inicia com a análise da qualidade e do tipo de sono que o paciente tem. O paciente é perguntado como apresenta dificuldades em adormecer, manter o sono, voltar a dormir e levantar de manhã. "Cada um desses comportamentos é a tradução da alteração do equilíbrio de um dos três estereótipos (Vata, Pitta e Kapha) nos quais o Ayurveda classifica as pessoas. Após a identificação do comportamento de sono, é feita a análise do perfil da pessoa e traçada a estratégia terapêutica para o caso", diz o médico.

Importância do sono

A ayurveda vê grande parte dos distúrbios do sono como sinais de angústia nervosa. De acordo com Gonçalves, essas são emoções características do tipo Vata, que se manifesta através de nervosismo, ansiedade, hipersensibilidade e excesso de preocupações. Essas pessoas podem também apresentar constipação intestinal, digestão e hábitos alimentares irregulares, secura sistêmica e corporal.

"A desordem de sono mais comum é para as pessoas Vata e acordar por volta de duas horas da manhã e apresentar dificuldades em retornar ao sono. Durante o tempo em que a pessoa permanece insone, ela pode vivenciar excesso de pensamentos que remetem a problemas e situações não solucionadas, gerando angústia e ansiedade".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Assim como as terapias alternativas em geral, o ayurveda não oferece uma fórmula pronta para que se possa dormir perfeitamente bem. A qualidade do nosso sono está diretamente relacionada com a saúde de nossos estados emocionais e físicos e que são exclusivos.

Hábitos saudáveis
Conheça passos que podem ser seguidos sem contra-indicação e fazer a diferença na hora de dormir:

1. Procure levantar e deitar na mesma hora todos os dias. Isso ajuda o corpo e a mente em criar um padrão, levando a um estado de equilíbrio;

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. Evite a atitude de "compensar o sono", dormindo muito nos finais de semana;

3. Procure fazer exercícios físicos pela manhã e, caso isso não seja possível e você só possa se exercitar à noite, reserve um tempo para relaxamento antes de deitar.

4. Evite trabalhar à noite em casa, atitude típica de Pitta. Escute músicas suaves e faça leituras leves;

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

5. Evite o jantar pesado. O perfil Kapha aprecia uma boa refeição à noite, porém, adotando esse comportamento como hábito, fatalmente haverá um sono interrompido.