PUBLICIDADE

Como transformar a tristeza "pós-fim de ano" em motivação

A volta ao trabalho depois das festas de final de ano pode ser difícil para muita gente; veja como retomar a rotina de maneira simples

Tirar uma folga durante as festas de fim de ano é sempre uma alegria. Voltar ao trabalho, no entanto, pode ser um momento desanimador. Pensando nisso, a terapeuta britânica Hazel Gale compartilhou um artigo em seu blog sobre como transformar a tristeza do pós-feriado em motivação para o ano que se inicia.

A profissional é uma atleta de kickboxing que viu na hipnoterapia cognitiva uma maneira diferente de enfrentar a vida. Em seu livro "The Mind Monster Solution", ela descreve como superar a auto-sabotagem e retomar o controle de sua vida.

Confira as técnicas da especialista para deixar o desânimo de lado e voltar ao trabalho após as festas de final de ano com foco, motivação e força total.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

1. Faça listas

O modo como você encara a volta ao trabalho é uma questão de perspectiva: se será um retorno motivado ou sofrido. Colocar seus pensamentos no papel pode te ajudar a retomar a rotina com mais ânimo. Veja quatro modelos de listas para concentrar sua atenção e focar em crescimento, realizações e alegria.

Lista de tarefas

Qualquer mudança positiva pode trazer hábitos melhores e sua lista de tarefas é um bom lugar para começar uma virada de chave. Uma pesquisa feita pelos professores Baumeister e Masicampo sugere que elaborar uma seleção de atividades já reduz a ansiedade do que precisa ser feito.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entretanto, só escrever "declaração de imposto" ou "faxina" não é suficiente. Segundo o especialista em gerenciamento de tempo, David Allen, nossas listas de tarefas precisam de mais informações se realmente queremos que as coisas saiam do papel.

Na próxima vez em que você for fazer sua lista de tarefas do dia, leve em consideração as seguintes questões:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Foto: aanbetta/Shutterstock
Foto: aanbetta/Shutterstock

Seguindo essas dicas, sua tarefas vão parecer muito mais fáceis de serem feitas e também trarão uma ideia de "jogo" ao seu dia a dia. Você se sentirá mais motivado para completar as tarefas e ainda sentirá maior satisfação ao realizá-las.

Alegria

Nem tudo é sobre produtividade. Com tantos prazos e tarefas, é fácil esquecer a parte divertida do trabalho. Para lembrar-se das partes boas, faça uma lista do que você mais gosta no seu trabalho, que pode ser tanto "achar soluções boas" até simplesmente "conversar com meus colegas".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Habilidade

A sobrecarga de tarefas pode nos fazer perder de vista nossas próprias capacidades. Faça uma lista de suas melhores habilidades para se lembrar do que você pode oferecer ao trabalho.

Seja bem específico com sua lista. Indicar "bom em vendas" pode ser muito abrangente, por isso, tente especificar suas habilidades, como "bom em fechar negócios" ou "bom em construir relacionamento com clientes". Saber suas forças pessoais pode maximizar sua eficiência e também sua habilidade de pedir ajuda quando precisar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Crescimento

Faça uma lista de habilidades que você quer melhorar. O objetivo da lista é focar mais no processo de desenvolvimento do que no resultado em si. Ela vai te deixar presente no momento e aumentar as chances de você se aprimorar mais rapidamente.

Leia seus sentimentos como uma carta de amor de alguém querido

Suas necessidades precisam ser atendidas independentemente de quantas tarefas você se atribuiu. Se seu corpo está pedindo descanso ou seu coração está pedindo conexão, essas são demandas não negociáveis.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Embora seja tentador ignorar os sentimentos e seguir em frente, escolher ouvi-los pode te ajudar a fazer melhorias que você teria perdido de outra forma.

Portanto, se o retorno ao trabalho dói, pense que sua mente está te avisando sobre deficiências em sua vida cotidiana. Pergunte-se o que, especificamente, fez seu tempo de folga tão especial. Depois, pense em como colocar em prática essas coisas em sua vida.

Veja alguns "vazios" que são comuns na tristeza pós-festas de fim de ano e algumas dicas de como preenchê-los:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Foto: aanbetta/Shutterstock
Foto: aanbetta/Shutterstock

Variedade

A variedade é um dos fatores que fazem os feriados agradáveis e psicologicamente saudáveis. Mas voltar ao trabalho não significa que você precisa entrar numa rotina massante.

Mantenha a variedade viva em sua vida da maneira que puder. Você pode mudar as coisas seguindo essas dicas:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Auto-estima

Nossa autoestima sempre fica mais alta no período de feriado. Tiramos cochilos à tarde, fazemos massagens e seguimos nosso senso de curiosidade. No trabalho, a história é outra: estamos sempre nos comparando com os outros, estabelecemos metas impossíveis e nos auto-depreciamos por ter feito menos. Este comportamento só leva à ansiedade e vergonha.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por isso, é importante lembrar que somos capazes de alcançar o que queremos e merecemos a sensação de bem-estar. Precisamos sintonizar nosso diálogo interno e usar uma linguagem mais saudável, solidária e mais eficaz ao conversar com o "eu".

As afirmações podem ser um pouco difíceis, mas estudos mostram que repetir ideias positivas pode melhorar a educação, a saúde e os resultados de relacionamentos, com benefícios que às vezes podem persistir por meses e anos.

Uma afirmação eficaz não é uma ilusão de grandeza, nem uma meta irrealista como "sou o melhor do mundo e vou ganhar um salário de sete dígitos até o próximo ano". Pense mais nas seguintes linhas:

Conexão

Feriados tendem a ser sobre conexões. Mesmo que não seja com uma viagem, frequentemente nos envolvemos com a natureza, com nossos amigos, com cultura ou com nossos corpos.

Sentir-se desconectado pode levar à ansiedade, baixa auto-estima, problemas de saúde e baixos níveis de produtividade. Em um mundo que parece cada vez mais voltado ao isolamento, cabe a nós tornar a conexão uma parte maior de nossas vidas.

Como o trabalho domina a maior parte do nosso tempo, é importante reconhecer os colegas que ajudam a nos sentir vistos, ouvidos e valorizados. Quem se encaixa nesse perfil? Ou ainda, quem tem chances de se encaixar?

Entre em contato com quem trabalha com você e fortaleça suas relações de trabalho. Pergunte como eles estão, ouça as respostas deles, discuta suas preocupações ao invés de tentar escondê-las, apoie os outros e aceite a ajuda dos outros quando é oferecida.

3. Lembre-se que você é humano

Foto: aanbetta/Shutterstock
Foto: aanbetta/Shutterstock

Para melhorar sua produtividade e seu bem-estar, troque seu perfeccionismo por ser "bom o suficiente".

É normal que as pessoas exijam muito de si mesmas, por isso, é muito fácil sentir que precisamos fazer tudo perfeito para nos sentirmos úteis, bem-vindos e necessários. Mas, como somos seres humanos, você vai continuar cometendo erros.

Portanto, este é um lembrete amigável de que sua apresentação não precisa ser impecável, que seu e-mail pode ter alguns erros de digitação e que você pode fazer uma "pergunta boba" na próxima reunião.

Provavelmente, em suas férias, você não se preocupou em ser perfeito enquanto tomava cerveja na praia. Traga o clima de tranquilidade e leveza das férias para o seu dia a dia. Isso te fará muito bem.