PUBLICIDADE

BodyTalk: conheça o método que desvenda a linguagem do corpo

Através de uma técnica não invasiva, a terapia promove um processo de autocura no paciente

O que é BodyTalk

Relativamente nova, a BodyTalk é uma terapia não invasiva que busca entender a linguagem do corpo a partir da sabedoria ou inteligência inata - uma inteligência que regula todas as funções de cada ser humano, capacitando o poder que o corpo tem de autocura física, mental e energética. A técnica não é relacionada à nenhuma religião.

Revelado para o mundo em 1995, pelo australiano John Veltheim, o método parte do princípio de que se o corpo e a mente estiverem em profunda comunicação e harmonia, há saúde; mas a partir do momento em que o indivíduo começa a expressar sintomas ou doenças, é porque existe um problema comunicacional entre esses dois aspectos do ser.

Então, segundo o terapeuta e instrutor no sistema BodyTalk, Márcio Bley Ribeiro, esta terapia busca descobrir quais fatores perderam comunicação entre si e como podem ser restabelecidos, ajudando o paciente a retornar ao estado de boa saúde através do trabalho no âmbito físico, mental e energético.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Uma dor em uma área no corpo pode não ser somente uma dor. Pode ter origem no campo emocional, um trauma, um padrão que se repete", descreve o terapeuta Luciano Flehr.

Como funciona o BodyTalk

Para conseguir restituir a comunicação entre corpo e mente, é aplicado um teste chamado Biofeedback Neuromuscular, onde o terapeuta vai encostar no braço do paciente para, através de contrações musculares, receber uma resposta simples de "sim" ou "não" a perguntas no protocolo do BodyTalk. "O braço mais tenso é uma resposta negativa, já o braço mais solto é uma resposta positiva", explica Luciano.

 Sessão de BodyTalk- Foto: MediaNews Group/Boulder Daily Camera via Getty Images
Sessão de BodyTalk- Foto: MediaNews Group/Boulder Daily Camera via Getty Images

Este processo se baseia no conceito de que o corpo tem todas as informações sobre si mesmo e permite que o profissional detecte circuitos de comunicação que estão comprometidos, assim como em que ordem eles precisam ser restabelecidos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As informações captadas pelo terapeuta serão implementadas no paciente através de leves toques naquilo que o BodyTalk chama de "cérebros do corpo": o mental, cabeça; o do coração, que lida com questões emocionais; e o do intestino, que lida com as questões do instinto mais primitivo do ser.

A partir do momento em que há a revelação das informação necessárias e a implementação delas, o corpo começa o seu processo natural de autorregulação e autocuidado, despertando a sabedoria inata, o que culminará na capacidade de autocura do cliente através da ressincronização e reequilíbrio de funções e conexões comprometidas.

Instigando no paciente a observação de si mesmo, o BodyTalk consegue ajudá-lo a desenvolver uma nova consciência sobre o "ser". "Entendemos que a doença não é o inimigo do paciente, mas o caminho para um estado de atenção", diz Bley.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas isso pode levar tempo, já que o método respeita o ritmo do cliente, que se revela a cada sessão. "É um trabalho único e individual, não há uma técnica coletivizada, cada um tem uma necessidade particular", esclarece o terapeuta.

Levando a atenção do BodyTalk para o dia a dia

Uma vez que o indivíduo vai a uma sessão de BodyTalk e inicia a sua jornada de desenvolvimento da consciência, isso naturalmente começa a transformar a sua percepção e atuação nas relações que tem com a vida e com o meio ambiente.

"Por exemplo, se toda sexta-feira eu como pizza e tenho diarreia no sábado, começo a prestar atenção a esse comunicado do corpo de que pode haver uma intolerância ao glúten. Assim, levo o que o corpo revelou para a prática no dia a dia", exemplifica Bley.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Grande parte do processo do BodyTalk é ajudar o paciente a fazer uma individuação de sua presença na terra, ajudando-o a estar presente e atento às suas relações com tudo aquilo que o cerca. "Quanto mais comunicáveis estamos interna e externamente, menos o adoecer é necessário como uma tomada de consciência, o que pode levar a um processo de iluminação, autorrealização e questionamento que te liberta", explica Marcio.

Sessão de BodyTalk

Um terapeuta certificado de BodyTalk System pode aplicar o método. Em sessão, primeiro, ocorrerá a conversa com o paciente, que então vai se deitar ou sentar, confortavelmente, para fazer o Biofeedback Neurotransmissor, que trará as questões que precisam ser trabalhadas. Elas serão implementadas no corpo do paciente através de leves toques na cabeça, coração e intestino, promovendo um despertar da sabedoria inata, o que inicia um processo de autocura no cliente.

Uma sessão de BodyTalk pode durar de 30 minutos a uma hora e o preço varia de acordo com o profissional e a região. Atualmente, a terapia pode acontecer tanto presencialmente quanto online. "O método mexe com energia, portanto, a fisicalidade não é aquilo que traz resultado, mas, sim, a observação terapêutica acerca das questões trazidas", informa Bley.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Não há restrições ou contraindicações no BodyTalk. Por não ser uma terapia invasiva, ela não causará efeitos adversos, não fará diagnósticos, não receitará medicamentos e não envolve movimentos de fora para dentro do corpo. Sobre periodicidade, o tratamento não estabelece um tempo específico. Ao fim da sessão, o terapeuta se utiliza, mais uma vez, do Biofeedback Neurotransmissor para perguntar ao paciente qual a necessidade de uma nova sessão e qual o melhor momento para realizá-la. Não há certo ou errado, apenas a individualidade de cada um no processo de cura pelo BodyTalk.