PUBLICIDADE

Orgasmo feminino: Ciência revela três passos para as mulheres chegarem lá

Pesquisa mostra que o prazer da mulher vai muito além da penetração

Não é sempre que as mulheres conseguem alcançar o orgasmo na relação sexual. E verdade seja dita. Isso pode ser bem chato. Mas parece que a ciência descobriu não apenas uma, mas três soluções que podem ajudar a gozar durante a penetração.

A descoberta foi publicada na revista científica Archives of Sexual Behavior. O estudo, realizado a partir de um questionário online com mais de 52 mil participantes de diferentes orientações sexuais entre 18 e 65 anos.

Entre os entrevistados cerca de 26 mil eram homens héteros, 550 eram bissexuais e 452 eram gays. Já entre as mulheres 24 mil eram héteros e 340 eram lésbicas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O pesquisadores concluíram que a trinca de ouro para fazer as mulheres gozarem é uma combinação entre estimulação genital, beijar com intensidade e sexo oral.

Mulheres têm menos orgasmos que os homens

O segredo para fazer as mulheres chegarem ao orgasmo parece simples. Mas de acordo com a pesquisa, essas práticas não parecem fazer prática da vida sexual das mulheres heterosexuais. De acordo com o estudo, entre as mulheres lésbicas o orgasmo foi atingido em 86% das relações. Entre as heterossexuais o número caiu para 65% das transas.

Para os especialistas esse resultado mostra que as mulheres são mais atenciosas às necessidades do parceiro do que às próprias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os números mostram que o palpite dos especialistas pode estar correto. Isso porque 95% dos homens heterossexuais declararam que conseguem gozar "sempre ou na maioria das vezes". Entre os homens gays o número a quantidade e orgasmos é de 89% e entre os bissexuais 88%.

Orgasmo feminino não está apenas associado à penetração

A pesquisa mostra que não é apenas a penetração que faz a mulher gozar. Além disso, segundo a pesquisa, um dos fatores que pode fazer com que as mulheres lésbicas tenham mais orgasmos do que as heterossexuais é o fato de que nas relações homoafetivas existe um conhecimento maior das regiões erógenas do corpo da parceira.

Em contrapartida, a pesquisa mostra que 30 dos homens acreditam que a melhor forma de fazer uma mulher gozar é por meio da penetração. Para as mulheres 35% afirmam conseguir gozar apenas com o sexo vaginal e 44% afirmaram nunca ou raramente ter tido um orgasmo por esse método.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)