PUBLICIDADE

Entenda como os hormônios sexuais atuam no corpo da mulher

Eles controlam o ciclo menstrual e se manifestam de diversas formas

Durante o ciclo menstrual, os hormônios femininos e masculinos flutuam de acordo com o momento do ciclo dentro do corpo da mulher. Estes hormônios vão preparar o organismo para o evento máximo, que é a gestação. Se ela não ocorre, os hormônios diminuem e sobrevém a menstruação, que nada mais é que o preparo uterino para receber o embrião. A menstruação é formada pelo endométrio, que descama, e o sangue dos vasos que o nutrem.

Neste momento os ovários voltam a trabalhar, estimulados por hormônios vindos da hipófise, na base do cérebro. Eles estimulam um óvulo, a ser selecionado, e o folículo, que o envolve a crescer. Este folículo produz o hormônio estrogênio (hormônio feminino) e o ovário produz testosterona (hormônio masculino). O estrogênio prepara o útero de forma crescente, como um leito para o embrião, e a testosterona crescente aumenta a libido (desejo sexual). Com isso, o corpo é preparado para gestar e torna a mulher receptiva à relação sexual. A pele fica mais bonita, rosada, olhos brilhantes, voz e cheiro atraente. A natureza prepara a fêmea para a concepção. Ela estará no seu auge sexual, atraente ao macho.

Duas semanas depois, se a gestação não tiver ocorrido, o ovário para, os hormônios caem e o sangramento acontece.

Após a ovulação, o ovário passa a produzir a progesterona, que seria considerado o hormônio da gestação. A progesterona age aumentando a temperatura corporal da mulher. Ela deveria estar mais calma, como se tivesse uma pequena febre, tem mais sono, a libido diminui um pouco. Nesta fase de progesterona, a pele tende a apresentar oleosidade, acne, muda a característica de pele sedosa, os cheiros são diferentes e a fêmea fica menos atrativa. Tudo isso é um mecanismo natural de defesa de uma provável gestação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Duas semanas depois, se a gestação não tiver ocorrido, o ovário para, os hormônios caem e o sangramento acontece.

Alterações hormonais

Por diversas razões, o balanço hormonal pode estar alterado, levando a repercussões no dia-a-dia da mulher. Em algumas situações - como acontece no ovário policístico -, existe uma predominância da testosterona, levando ao aparecimento de acne, pelos, e obesidade.

A causa da famosa TPM (Tensão Pré-Menstrual) é ainda desconhecida, podendo, para alguns autores, ter diversas as causas que, somadas, poderiam resultar no desconforto da fase pré-menstrual. Nesta TPM ocorre uma retenção de líquidos, que poderia levar a certo edema cerebral e, logo, provocando todos os sintomas emocionais desta fase. Irritação, nervosismo, tristeza dentre outros são comuns no pré-menstrual. Ela é mais comum entre mulheres acima dos 35 anos - e uma das hipóteses seria um declínio na função hormonal do ovário.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como a ovulação obedece a um ciclo hormonal, toda e qualquer alteração ou oscilação hormonal pode levar a um determinado quadro clínico.

Como a ovulação obedece a um ciclo hormonal, toda e qualquer alteração ou oscilação hormonal pode levar a um determinado quadro clínico. No homem isso não acontece, pois os hormônios são produzidos de forma continua, não oscilando.

O uso de algumas medicações hormonais pode corrigir estes fatores, levando ao bem-estar físico e emocional. Basta mantermos os níveis hormonais constantes. O uso de pílula anticoncepcional - em que o regime das doses é o mesmo diariamente - tende a corrigir estes fatores. Algumas pílulas têm um composto anti-hormônio masculino, fazendo com que os efeitos androgênicos sejam anulados. A pele volta ao normal, desaparecendo a acne e diminuindo a velocidade do aparecimento de pelos.

Se mantivermos o uso de pílula continuamente, a mulher não terá menstruações e, consequentemente, não terá a TPM.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Suspensão da menstruação

A suspensão da menstruação pode ser utilizada por todas as mulheres (sendo evitado, é claro, naquelas que o uso de hormônio não é aconselhado). A menstruação não é um fator necessário à vida da mulher. Se olharmos a natureza, veremos que os mamíferos dificilmente menstruam, pois ou estão sempre grávido, ou amamentando - em consequência, sem sangramento. O mundo moderno conheceu a anticoncepção, e a menstruação se tornou mais frequente.

A mulher que apresentar um desconforto relacionado ao período menstrual deve procurar seu ginecologista e avaliar qual a terapia ideal, adaptada à realidade especifica dela. Não há um tratamento único para todas e, por isso, deve-se sim avaliar cada queixa e tratar cada indivíduo.