PUBLICIDADE

Parto de Tatá Werneck: Entenda opções após diabetes gestacional

Atriz teve que fazer uma cesárea, mas nem sempre é preciso da cirurgia em grávidas que desenvolvem diabetes gestacional

Todo mundo que acompanha a vida das celebridades parou para ver (e se encantar) com a primeira filha da atriz Tatá Werneck. A pequena Clara Maria nasceu na quarta-feira (23) em uma cesárea. A uma colunista, Tatá afirmou que o parto cirúrgico foi feito devido a ela ter desenvolvido diabetes gestacional.

"Eu fiquei com aquela diabetes [diabetes gestacional] e tive que fazer", disse a atriz à coluna de Patrícia Kogut.

Apesar de ser uma complicação da gravidez que merece atenção, a diabetes por si só não pede que o parto seja cesárea. É o que garante o ginecologista e obstetra Alberto Guimarães.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"No entanto, existem situações da doença que têm indicação de interromper a gestação ou propiciar a chegada do bebê. O que não significa necessariamente cesárea, mas também pode ser uma indução do trabalho de parto", detalhou o médico.

Nestes casos, os médicos devem considerar os prós e contras de cada opção naquele momento.

Segundo Alberto, é possível que haja desconforto respiratório do bebê que nasce de cesárea em uma paciente diabética, já que ela pode acontecer antes do pequeno estar completamente formado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Um risco da cesárea em mulheres com diabetes é a própria maturidade pulmonar do bebê, que é como se fosse um pouquinho retardada em relação a uma mãe não diabética", explicou.

View this post on Instagram

Minha neném nasceu ❤️ tava c tanto medo que pensei em fugir do hospital durante a noite. Mas escalar prédios grávida é muito difícil, ainda mais pra quem já não escalava sem estar grávida.p.s: normalmente as pessoas vão bem bonitas pra sala de parto. Eu ouvi a frase “a senhora gostaria de pentear o cabelo?”

A post shared by Tata Werneck (@tatawerneck) on

O que é diabetes gestacional

Diabetes gestacional é caracterizada por hiperglicemia (aumento dos níveis de glicose no sangue) durante a gravidez. A condição ocorre em aproximadamente 4% de todas as gestações.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A doença raramente causa sintomas. Por isso, é preciso fazer exames periódicos durante toda a gravidez, principalmente entre as semanas 24 e 28. Entre os testes que indicam a diabetes gestacional, estão a glicemia de jejum e a curva glicêmica.

Tudo sobre parto

Parto humanizado: o que é, benefícios e depoimento

Parto normal dói muito? Veja vídeo real, vantagens e detalhes

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quais as opções quando a gravidez ultrapassa as 41 semanas?