PUBLICIDADE

Veja as dores nos pés mais comuns quem faz corrida

Lesões são comuns em corredores e devem ser diagnosticadas cedo

A corrida de rua é um esporte caracterizado por exigências repetitivas dos ossos, músculos, tendões e ligamentos das pernas e pés. Nos últimos anos houve um aumento significativo no número de pessoas que adotaram a corrida como atividade física, sendo uma modalidade esportiva em constante crescimento no Brasil e no exterior. Esse interesse predispôs o aumento das chamadas lesões esportivas - especialmente entre os atletas amadores. Estima-se que ao menos 300 mil pessoas corram pelos parques e ruas de São Paulo aos finais de semana.

As lesões mais comuns na corrida acometem os membros inferiores, em especial a região de tornozelo e pé. Entre elas podemos citar: fascite plantar, neuroma de Morton e a tendinite de calcâneo. Entenda melhor sobre elas e quando elas podem impedir a prática de corrida:

Fascite plantar: dor na base dos pés

Fascite plantar pode ser definida como a inflamação da fáscia plantar. Essa inflamação é comum em pessoas entre a terceira e quinta década de vida, sendo a lesão mais comum da planta (sola) do pé, e uma das principais lesões em corredores.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

São comuns relatos de dor irradiada do calcanhar até a base dos dedos, dor intensa ao primeiro apoio matinal do pé no solo e dores ao andar. Geralmente a fascite plantar surge como uma dor leve ou pequena alteração de sensibilidade na planta do pé próximo ao calcanhar que, gradualmente, fica mais intensa e severa.

A causa da fascite plantar é multifatorial, e pode ser dividida em três:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Neuroma de Morton: queimação entre os dedos

O neuroma de Morton é a principal lesão que acomete os pés, caracterizando-se como uma lesão que causa dor entre os dedos do pé.

Afeta principalmente mulheres e corredores. Entre corredores, a principal causa é uma biomecânica ineficiente - como alterações articulares -, que levam a maior descarga de peso nas pontas dos pés durante as passadas, associada ao impacto existente na corrida. A hiperextensão dos dedos durante a descarga de peso no momento da passada na corrida pode agravar os sintomas.

Como queixas principais, o neuroma apresenta dor na região anterior do pé e sensação de queimação e choque nos espaços entre o segundo e terceiro dedo, também entre o terceiro e quarto dedo do pé.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A dor geralmente apresenta melhora com a retirada do calçado e massagem dos pés e piora com a persistência do uso de calçados como sapato de salto alto, bico fino ou solado duro. Em casos mais graves a dor pode persistir mesmo ao andar descalço e ao repouso.

Tendinite do calcâneo (Aquiles): dores no calcanhar

A tendinite pode ser denominada como a inflamação de um tendão, e suas causa são multifatoriais. A tendinite do calcâneo, também conhecida como tendinite de Aquiles é a lesão inflamatória mais comum entre os corredores e acomete o tendão dos músculos da panturrilha (Tríceps Sural). As dores se localizam na região posterior do calcanhar.

Essa lesão pode ocorrer por insuficiência e/ou desequilíbrio muscular da panturrilha, excesso e/ou aumento da carga de treinamento, falta de alongamento e flexibilidade de algum grupo muscular, falta de aquecimento antes de atividades esportivas e excesso de movimentos repetitivos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Geralmente são dores difusas que podem aparecer após uma atividade física intensa ou em atividades simples como andar, abaixar, subir e descer escadas, e aliviam com o repouso.

É preciso parar de correr?

Correr é uma das atividades físicas mais completas, onde exercitamos o corpo, coração e a mente, trazendo excelentes benefícios para a saúde. Mas, aos primeiros sinais de dores na região do pé e/ou tornozelo, procure um profissional para uma completa avaliação, um correto diagnóstico e tratamento, só assim você terá condições de realizar suas atividades esportivas sem maiores complicações.

O mesmo vale se você já apresenta essas lesões antes de iniciar uma atividade física, mas mesmo assim deseja praticá-las. Com o tratamento adequado, é possível correr ou ao menos caminhar, tudo depende de cada caso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A fisioterapia tem papel fundamental no tratamento e prevenção das lesões esportivas. A fisioterapia como tratamento conservador tem por base a diminuição da dor, controle do processo inflamatório, orientações e reequilíbrios muscular através de alongamento e fortalecimentos.