Saúde
Saúde

  • Saúde geral
  • Exames
  • Contracepção
  • Emagrecer
  • Imunidade
  • Plantas medicinais
  • Sono
  • Vacinas

  • doenças
  • Condições & Sintomas
  • Medicamentos & Tratamentos
Alimentação
Alimentação

  • Alimentação geral
  • Bebidas
  • Nutrientes
  • Plano alimentar
  • Suplemento

  • receitas
  • ingredientes
Beleza
Beleza

  • Beleza geral
  • Cabelo
  • Corpo
  • Maquiagem
  • Pele
  • Procedimento
  • Rosto
  • Unhas
Fitness
Fitness

  • Fitness geral
  • Esporte
  • Exercício
Família
Família

  • Família geral
  • Bebês
  • Gravidez
  • Amamentação
  • Crianças
  • Alimentação infantil
  • Fertilidade
  • Maternidade
Bem-Estar
Bem-Estar

  • Bem-estar geral
  • Comportamento
  • Cuidados com a casa
  • Relacionamento
  • Sexo
  • Vícios

Canais especiais
  • Saúde no Inverno
  • Especial Probióticos
  • Pele e suas condições
  • Especial Hiperpigmentação
  • Agosto Dourado
  • Especial Doação de Sangue
  • Especial Coronavírus
  • Especialistas
  • Quem somos
  • Políticas
  • Trabalhe conosco
  • Anuncie aqui
  • Fale conosco
  • Termos de Uso
  • Aviso Legal
  • Uso de Dados
  • Resposta do especialista

    Tenho muita crise de ansiedade me falta apetite (trava na hora), tonturas, enjoos e insônia o que eu faço?

    Especialista consultado Dr. Marcelo Bernstein Psicanálise CRP 05/48422/RJ

    Especialista em: Dependências, Depressão, Esquizofrenia, Atendimento Psicanalítico de crianças, adolescentes, adultos e...

    i
    Respondido em 18 de maio de 2015

    Os sintomas que você descreve fazem parte do que, em psicanálise, é considerado um quadro de ansiedade aguda grave, mas também podem ser parte de outros quadros de adoecimento psíquico mais complexos, que precisam ser abordados como um todo, ou seja, a partir da história pessoal e de eventos/relações traumáticas que são os elementos na origem deste quadro e que também podem estar sendo disparados por alguma situação ou fase que você esteja atravessando, ou seja, de uma certa maneira "revivendo" estas situações/traumas do passado e que trazem um grande sofrimento ou dor psíquica. Assim, seria indicado que procurasse um psicanalista para uma abordagem terapêutica mais abrangente e em profundidade e não apenas do tratamento dos sintomas que, sem o entendimento das causas podem acabar reaparecendo. Espero ter ajudadoAbraçosMarcelo Bernstein

    Especialista consultado Dr. Gabriel Portella Psicologia CRP 112410/SP

    Sou Graduado em Psicologia pela PUC de São Paulo e Especialista em Atendimento Analítico Comportamental, minha linha de...

    i
    Respondido em 22 de dezembro de 2015

    Essa sensação em geral é causada pela quantidade de sensações que sentimos ao mesmo tempo. Além disso, como não conseguimos nos livrar de forma rápida dessas sensações pode gerar o sentimento de enlouquecimento.Crises de ansiedade podem vir também vinculadas a um turbilhão de pensamentos, em geral pessimistas, o que acaba por dificultar a capacidade de se auto controlar. Em geral é importante fazer o controle farmacológico prescrito por um psiquiatra e fazer acompanhamento terapêutico junto a um Psicólogo Comportamental.

    Especialista consultado Dra. Adriana de Araújo Psicologia CRP 56802/SP

    Sou psicóloga formada pela Faculdade de Ciências e Letras desde 1998. Com validação e equivalência de diploma de psicólo...

    i
    Respondido em 25 de junho de 2017

    São inúmeras questões ligadas ao devolver da ansiedade. O melhor é investigar e entender o que está havendo para ter esse tipo de resposta emocional a situações da vida. A cura pode e deve acontecer.
    Existem muitas causas para alguém desenvolver respostas de ansiedade. Vou falar mais sobre o tema para que você possa escolher melhores ideias para se ajudar no processo de cura. Para poder acabar e tratar a ansiedade é importante não só entender o que é, mas como isso afeta sua vida diretamente, pois os sintomas podem variar de pessoa para pessoa. No geral, a ansiedade é a resposta a sentimentos e pensamentos que acompanham as pessoas ao longo da vida, ou seja, é algo normal, porém pode estar intensificado, causando mal estar e grande desconforto.
    Ansiedade dosada é boa, em excesso faz mal. Ou seja, a ansiedade em si, não é mesmo o problema, mas a intensificação dos sintomas, sim, impedindo a pessoa de viver de forma plena e segura. É natural sentirmos ansiedade em determinados momentos, por exemplo, numa experiência nova, como uma prova, um teste, ou algo que temos que expor uma ideia ou apresentação. Mas esse sentimento é negativo ou paralisante, algo está errado. A ansiedade pode causar muitos sintomas físicos ruins, além dos emocionais que afetam a qualidade das ideias, escolhas e ações.
    Muitas pessoas sentem-se ansiosa por não saberem lidar com o grau de exigência pessoal, por não conseguir organizar-se dentro do tempo necessário para as coisas e também pela preocupação excessiva com o futuro. Quem perde o foco no agora, pode ficar mais preocupado e ansioso. Pode parecer um pouco difícil tratar e se livrar de vez da ansiedade, mas com um pouco de disciplina, auto percepção, tratamento especializado, você poderá se curar e sentir-se bem melhor com isso tudo. Algumas pessoas, aprendem esse comportamento, por exemplo, com os pais, sem perceber que essa não é a melhor resposta a ser dada. Quando se está com medo, também há uma resposta de ansiedade. Assim, como a impaciência e nervosismo.
    O transtorno da ansiedade generalizada, é um distúrbio caracterizado por sintomas, como:
    - mente agitada;
    - preocupação excessiva com o futuro;
    - coração acelerado;
    - tremor nas mãos;
    - tremor nas pernas;
    - tremor no corpo;
    - expectativa negativa sobre algo;
    - angústia e apreensão;
    - dificuldade de controlar pensamentos acelerados;
    - cansaço excessivo;
    - dificuldade de concentração;
    - humor alterado;
    - irritação (falta de paciência) - que pode levar a brigas e desentendimentos;
    - agressividade;
    - rubor;
    - suor excessivo;
    - tensão muscular;
    - dificuldade de relaxar;
    - ações compulsivas e impensadas;
    - ganho ou perda de peso.
    O ideal é você entender quais pontos lhe causam maior preocupação. Como você lida com a ansiedade do seu dia a dia? Como você tem organizado suas ações para que possa combater a tensão?
    Para alívio e cura dos sintomas, sugiro técnicas de relaxamento corporal, respiração, atividade física, hipnose, meditação, psicoterapia e uma boa avaliação com um médico ou psicólogo que será capaz de indicar um tratamento qualificado para você. Uma dessas técnicas, como a hipnose, por exemplo, ou mais quando combinadas e indicadas por um profissional qualificado surtirá efeito na cura e bem estar. No meu site curadalma você encontra um áudio de hipnose para uso complementar de cura da ansiedade, é um material que pode ser adquirido para atura em parceria com o tratamento feito. Sua melhora virá e os benefícios serão rapidamente sentidos.
    Boa sorte! Sucesso naquilo que você busca e até breve!

    Respostas relacionadas ao mesmo tema
    Paloma perguntou

    Queria orientação sobre um anticoncepcional que não engorde, evite espinha, não provoque trombose?

    Para quem já tem problemas circulatórios, uso de hormônio não é aconselhado. Mas o anticoncepcional não é um vilão. O hormônio deve ser utilizado com orientação de um ginecologista e a mulher, que precisa fazer uso, deve tomar a dosagem de acordo com...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Posso combinar o suco da aloe vera (babosa) em jejum já que uso lazomprazol de 30mg todos os dias também em jejum?

    Use em tempos diferentes porque é melhoe.Mesmo produtos chamados naturais podem interferir com medicamentos.

    1 Pessoa perguntou

    Venho fazendo uso do suco da babosa para tratamento do refluxo, mais algumas semanas venho tendo dores de cabeça! Pode ser a Babosa?

    É difícil afirmar que a Babosa cause as dores de cabeça, mas recomendo que suspenda a ingestão do suco e verifique se melhora a dor.

    Publicidade

    Veja também

    Publicidade
    Publicidade