PUBLICIDADE

Glossário - Hipertensão

Entenda mais sobre a doença

Glossário
Ataque do coração: acontece quando o fluxo de sangue no coração é interrompido. Sem sangue e oxigênio, parte do coração começa a morrer. Nem sempre um ataque do coração é mortal. Um atendimento rápido pode restabelecer o fluxo sanguíneo

Bloqueadores de beta: afetam a adrenalina em seu coração. Resultado: seu coração não precisa trabalhar ta duramente, o que faz a pressão cair

Bloqueadores de canal de cálcio: ajudam a dilatar as veias, o que torna mais fácil o bombeamento do coração. Eles trabalham desacelerando a movimentação de cálcio para as células do coração e para os vasos sanguíneos

Cardiomiopatia hipertrófica: está relacionada ao endurecimento do músculo do coração, principalmente no septo entre os ventrículos. Isso leva ao endurecimento das paredes do coração e ao mau funcionamento das válvulas aórtica e mitral. Como conseqüência, o sangue não circula direito pelo coração.

Diuréticos: levam o seu corpo a eliminar a água e o sal desnecessários que estejam em seu corpo pela urina, o que ajuda a baixar a pressão

Doenças coronarianas: depósito de placas de gordura nas paredes das artérias, dificultando a passagem do sangue. Pode levar à angina e ao infarto

Esfigmomanômetro: o aparelho usado para medir a pressão

Exercícios: baixar sua pressão pode ser um dos benefícios que a prática de exercícios físicos regularmente irá trazer. Um estilo de vida sedentário é um dos principais fatores para as doenças do coração. Felizmente, esse é um risco que você pode alterar.


IECAs: Os Inibidores da Enzima de Conversão Angiotensina (IECAs) alargam ou dilatam seus vasos sanguíneos para melhorar a quantidade de sangue que o seu coração bombeia e baixar a pressão. Também melhora o fluxo sanguíneo, o que ajuda a reduzir o esforço que seu coração faz e protege seus rins

Infarto do coração: área de necrose no coração, causada pela interrupção do fluxo de sangue nas artérias. Sem sangue, algumas partes do coração podem morrer

Inibidores de angiostesina: diminuem os agentes químicos que estreitam os vasos sanguíneos, permitindo que o sangue flua mais facilmente pelo corpo, baixando a pressão

Insuficiência renal: ocorre quando o rim não é capaz de cumprir suas atividades habituais. A hipertensão é a maior causa de doenças nos rins e de insuficiência renal. A hipertensão pode danificar os vasos sanguíneos e os filtros dos rins, fazendo com que a remoção de resíduos do corpo se torne difícil. Sintomas:
Hipertensão
Dificuldade para urinar ou redução da quantidade
Retenção de líquidos, principalmente nas pernas Maior necessidade de urinar, especialmente à noite

Parada cardíaca: uma parada cardíaca não significa a falência do órgão ou que ele parou de funcionar. Só quer dizer que ele está batendo de uma forma mais fraca. Com uma parada cardíaca, o sangue se move pelo coração a uma velocidade menor e a pressão do músculo aumenta. Como resultado, o coração não pode bombear oxigênio e nutrientes suficientes para a necessidade do corpo. Com o tempo, as paredes do coração se tornam fracas e incapazes de bombear sangue

Pressão sistólica: força que o coração faz na sístole, ou seja, quando se contrai para bombear o sangue

Pressão diastólica: força que o coração faz na diástole, ou seja, quando se dilata e o sangue chega aos vasos

Problemas de visão: a hipertensão maltratada pode afetar sua visão e causar doenças oculares. A hipertensão pode danificar os vasos sanguíneos na retina, a área atrás do olho onde a imagem é formada. Essa doença é conhecida como retinopatia hipertensiva. O dano pode ser sério se não for tratado.