A verdade sobre a dor do canal radicular

Primeiro passo é entender que o tratamento não é em si a fonte real da dor

A simples menção do termo "canal" pode fazer as pessoas se contorcerem na cadeira. O procedimento tem sido abordado em filmes e situações de comédia e a maioria das pessoas provavelmente já ouviu pelo menos um amigo ou membro da família, histórias alarmantes de dor associadas a ele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas todo esse medo realmente se justifica? Esse processo é tão dolorido como as pessoas pensam? De acordo com os especialistas, não, afinal, as técnicas endodônticas (ou de tratamento de canal) estão muito avançadas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que a causa a dor?

É preciso primeiro compreender que o tratamento de um canal radicular em si não é a fonte real da dor sentida pela maioria dos pacientes. Na verdade, o tratamento de canal tem como primeiro objetivo aliviar justamente a dor.

Por outro lado, a dor de dente é, usualmente, causada por tecido lesionado ou infeccionado, como a polpa; os tratamentos de canais removem essa polpa inflamada e limpam a área,eliminando a infecção e aliviando a dor. Embora o dente e a área ao redor possam ficar doloridos por alguns dias, o dentista poderá prescrever medicamentos para aliviar os sintomas e permitir que o paciente volte ao trabalho imediatamente.

Não é melhor simplesmente arrancar o dente?

A maioria dos dentistas concorda que manter o dente natural é muito melhor do que extraí-lo e substituí-lo por uma prótese ou implante. O tratamento de canal consiste em um método em que se preserva o dente removendo a polpa inflamada , não necessitando, portanto, a extração do dente. Com as novas técnicas e tecnologias disponíveis, os tratamentos endodônticos (de canal) tem se mostrando ser cada vez mais simples e rápido ao mesmo tempo que tem apresentado taxas de sucesso cada vez maior.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)