Dor abdominal: 7 sinais que merecem atenção

Veja sintomas que justificam a procura por um médico

Dor abdominal é um sintoma que pode significar uma série de doenças. Isso acontece porque o abdômen é uma cavidade do corpo em que estão concentrados muitos órgãos, como explica o cirurgião do aparelho digestivo Elesiário Marques Caetano Jr., do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Portanto, uma dor nessa região pode representar desde fatores simples, como gases ou intestino preso, até um problema mais sério digestivo, ginecológico ou renal. "A história do paciente, a evolução da dor e os sintomas relacionados são importantes na hora do diagnóstico", explica o especialista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Homem sentado na beira da cama com a mão na barriga sinalizando dor na região - "Foto: Getty Images"
Homem sentado na beira da cama com a mão na barriga sinalizando dor na região - "Foto: Getty Images"

Mas será que é preciso ir ao médico sempre que uma dor abdominal surge? O mais importante, na verdade, é que o paciente conheça seu corpo. Se a dor está ligada a uma refeição muito pesada ou à menstruação, por exemplo, você pode se medicar e saber que passará. Mas, se o incômodo é recorrente ou seguido de sinais mais graves, é preciso ter atenção e procurar um profissional.

Veja os sintomas mais alarmantes das dores abdominais:

1. Dor que se estende por dias

A dor abdominal que se estende por muitos dias, normalmente, é mau sinal: "Esse tipo de dor pode estar ligado a quadros inflamatórios (como colites) ou ao aparecimento de cálculos", explica Caetano Jr. Nesses casos, é importante ir ao médico para entender o que pode estar causando o problema prolongado, e não mascará-lo com medicações.

2. Febre

Febre é um sinal clássico de doenças bacterianas ou virais. Nesses casos, pode ser uma infecção intestinal ou algo mais grave também.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"A dor abdominal acompanhada de um aumento da temperatura corporal pode até mesmo ser uma doença que precisa de cirurgia, por representar a presença de uma infecção no organismo", considera o gastroenterologista Matheus Freitas Cardoso de Azevedo, da Rede de Hospitais São Camilo, de São Paulo.

3. Náuseas e vômito

Normalmente, náuseas e vômito são indicativos de problemas intestinais, como infecções. "Esses quadros travam o aparelho digestivo, então o alimento não progride e o corpo tenta eliminá-lo de outra forma", contextualiza Caetano Jr.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, inflamações em outros órgãos podem também influenciar no trânsito do bolo alimentar, causando náuseas, como em casos de apendicite, pancreatite e cálculo renal, que estimulam o trato digestivo devido à proximidade física dos órgãos.

4. Diarreia

A diarreia acompanhada de dor abdominal pode ser uma simples intoxicação alimentar. No entanto, quando a dor é insistente, fique atento. "Isso pode ser um sinal de doenças inflamatórias intestinais, principalmente se as fezes tiverem muco ou sangue", alerta Caetano Jr.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nessa lista de patologias, entram a colite ulcerativa e a doença de Crohn, entre outras. No entanto, mesmo que seja apenas uma intoxicação alimentar, é importante ir ao médico para ver que tipo de agente está causando o problema.

5. Redução do apetite

A perda de apetite é um sintoma perigoso por si só, e fica mais importante ainda quando vem acompanhada de dor abdominal. "Se a dor ocorre há um bom tempo e está ligada também à perda de peso, pode ser alguma doença intestinal e até mesmo um tumor", sinaliza Azevedo.

Doenças inflamatórias intestinais também podem causar esse sintoma, principalmente em crianças. E a perda de apetite infantil pode levar a problemas de crescimento, devido à redução dos nutrientes, sendo importante buscar um médico.

6. Inchaço e barriga dura

Abdômen inchado ou duro pode ser tanto um problema mais simples, como uma distensão por excesso de comida, quando sinalizar quadros mais graves. Portanto, se o problema persistir, marcar uma consulta médica é muito importante.

"O inchaço pode ser um sintoma de obstrução intestinal ou algum processo inflamatório, portanto merece uma investigação", frisa Azevedo.

7. Região abdominal sensível ao toque

A região abdominal muito sensível ao toque pode significar uma série de problemas. Se a dor é muito intensa quando se encosta na região, é importante verificar o que está acontecendo.

"É muito comum que uma inflamação em um órgão se manifeste primeiro como uma dor generalizada na região, devido ao tipo de nervos que temos nesses órgãos", considera Caetano Jr. Com o tempo, a dor pode se localizar, mas isso pode significar um quadro um pouco mais avançado.