Quando se preocupar com a saúde bucal do seu filho?

A higiene bucal é essencial e deve começar ainda na infância; veja o porquê

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Você acredita que a cárie é uma ocorrência comum somente na vida adulta? Pois saiba que após a dentição do bebê, ele já se torna suscetível ao aparecimento da cárie dental e nesta fase, o principal causador é o uso constante de mamadeira, portanto é preciso atenção.

Mas se os problemas bucais podem começar tão cedo, uma dúvida que os pais podem ter é: quando começar a cuidar da saúde bucal da criança? A indicação é iniciá-la mesmo antes da dentição, observando e higienizando a cavidade bucal. Já quando os dentes de leite nascem, iniciam-se às visitas ao odontopediatra.

O profissional deve ser procurado para examinar os dentes, que são fundamentais para possibilitar que a criança morda, mastigue alimentos e fale corretamente. Além disso, ele fará a indicação de creme dental e escova de dente mais adequada, pois para manter uma boa saúde bucal durante a vida adulta, os hábitos devem ser cultivados na infância com a ajuda dos pais, que nesta fase são o principal exemplo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quais são os principais problemas bucais em bebês e crianças?

Sem dúvidas, a cárie é a principal ocorrência bucal em bebês e crianças, e por ser comum, muitos não dão devida atenção à ela, porém, a cárie do dente de leite deve ser tratada pois pode impactar os permanentes caso atinja o canal ou nervo do dente.

Além disso, a cárie aumenta as chances de infecções e inflamações bucais, ou seja, a supervisão dos pais é fundamental para evitá-las. Nesse sentido, o "sapinho", que é uma infecção fúngica, também é recorrente. A doença é causada pelo mesmo fungo da candidíase, causando pontos ou placas esbranquiçadas, mas que podem ser evitadas com a limpeza de brinquedos, acessórios e ao evitar o beijo de adultos contaminados.

Já com o nascimento dos dentes permanentes - que se inicia aos seis anos de idade - é importante observar se os mesmos estão crescendo de forma adequada, pois os dentes podem crescer tortos e então, o acompanhando com o dentista e o uso de aparelho ortodôntico são necessários.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como identificar os sinais de que algo não bem?

Se os problemas bucais pode atingir bebês e crianças, é importante estar atento aos sinais que eles dão, incluindo:

Como cuidar da saúde bucal do seu filho?

De modo geral, não existe uma diferença entre os cuidados bucais indicados para dentes de leite e dentes permanente, portanto, é só seguir a rotina de higienização dos pais, priorizando o momento após as refeições, e as recomendações do odontopediatra.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para bebês:

Como dito anteriormente, a higienização começa antes dos primeiros dentinhos apontarem. Para isso, os pais devem:

Para crianças:

Os pontos de atenção para o caso das crianças com dente de leite estão apenas para o uso de escova com cerdas macias e uma pequena quantidade (como um grão de arroz) de creme dental com flúor, essencial para eliminar a placa bacteriana, principalmente causador da cárie.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante que os pais incentivem esse momento e aos poucos dê autonomia a criança, fazendo com que a higienização se torne divertida e, acima de tudo, um momento indispensável para a rotina. Desse modo, seu filho levará o hábito de higiene para a vida adulta, garantindo uma boa saúde bucal.