PUBLICIDADE

Pessoas que acordam e dormem tarde comem mais

Elas também consomem mais fast-food e menos frutas

Pessoas que costumam dormir e acordar mais tarde consomem mais calorias durante a noite, mais fast-food e menos frutas e vegetais, aponta pesquisa feita na Universidade Northwestern Feinberg de Medicina. O estudo é um dos primeiros nos Estados Unidos que explora a relação entre sono, comportamento alimentar e índice de massa corporal.

Os pesquisadores reuniram 51 pessoas (23 que dormiam tarde e 28 que dormiam em horário recomendado), todas com idade média de 30 anos. O primeiro grupo ia dormir por volta das 3h45 da manhã, acordava às 10h45, tomavam café ao meio dia, almoçavam às 14h30, jantavam às 20h15 e faziam uma última refeição às 22h.

As pessoas do turno normal acordavam em média às 8h, tomavam café da manhã às 9h, almoçavam às 13h, jantavam às 19h, faziam um lanche às 20h30 e dormiam por volta das 00h30.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os participantes registraram tudo o que comeram nos determinados horários e usaram um actigráfico de pulso, aparelho que monitora os ciclos de sono e de atividade. Ao final do estudo, os pesquisadores concluíram que as pessoas do turno noturno consumiam 248 calorias a mais por dia, o dobro de fast-food, metade das frutas e vegetais e ainda mais refrigerante do que aqueles que dormiam e acordavam mais cedo.

Os estudiosos afirmam que as pessoas que dormem e acordam mais tarde têm uma tendência a consumir alimentos mais calóricos e menos saudáveis durante a noite, e que essa quantidade excessiva de calorias por dia pode resultar em até dois quilos a mais por mês, se não forem equilibradas com atividade física.

O estudo, portanto, mostra que não é só o que você come que é importante, mas também a hora de comer. E isso está diretamente ligado aos seus horários de sono. Os resultados podem ser relevantes às pessoas que não são muito bem sucedidas na perda de peso e aos trabalhadores do turno da noite, que comem na hora errada do dia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dormir bem é fundamental

Entre todos os problemas que podem ser causados pela privação do sono, os distúrbios hormonais estão entre os mais importantes. As pessoas que dormem menos do que o necessário estão dificultando a tarefa do organismo de realizar alguns processos que são fundamentais para o equilíbrio entre todas as funções que o corpo precisa desempenhar para ser saudável.

O crescimento, por exemplo, é especialmente afetado quando o sono é curto ou de má qualidade. É durante o sono que ocorre a maior quantidade de produção do hormônio GH, que é responsável pelo desenvolvimento. Esse pico se dá durante a primeira fase do sono profundo, menos de uma hora após o início do período de descanso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A leptina, que controla a saciedade do indivíduo, é liberada em grande quantidade durante o sono. Assim, uma pessoa que tem dificuldade para dormir bem ficará mais propensa a se tornar obesa, devido à ausência da saciedade durante o dia e o aumento da ansiedade nas atividades cotidianas.

A médica e pesquisadora do sono Fernanda Haddad conta que as mulheres têm maior probabilidade de sofrer problemas hormonais em decorrência do sono deficiente, principalmente devido à menopausa, que geralmente começa a apresentar seus sintomas entre 45 e 50 anos.

O perigo das disfunções hormonais em decorrência do sono vem aumentando. A sociedade atual exige do indivíduo um comprometimento quase integral ao trabalho e está fazendo com que muitas pessoas pensem que podem adaptar o corpo a um número cada vez menor de horas de sono.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entre as características associadas ao envelhecimento precoce, está a ausência de um sono eficaz. Os insones e as pessoas que forçam o despertar de forma antinatural com muita frequência, em horários nos quais o corpo ainda não está preparado, estão diminuindo a sua própria capacidade intelectual, pois os lapsos de atenção se tornam mais longos e corriqueiros. Desse modo, o fato de exagerar no trabalho e negligenciar o sono tende a piorar o desempenho humano nas tarefas corporativas, em vez de melhorar.