PUBLICIDADE

Campanha ajuda a incentivar a realização de testes de HIV

Ação estimula a realização dos testes de HIV, possibilitando o diagnóstico e tratamento precoce.

Em todo o mundo, existem 36,7 milhões pessoas que são portadoras do HIV, porém a falta de adesão ao tratamento contribui para que a doença continue a se espalhar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Com o objetivo de mostrar a importância de realizar o teste de HIV e fazer o diagnóstico precoce, a empresa GSK/ViiV Healthcare criou uma campanha chamada Teste na Testa. Além de desmistificar o tema, a iniciativa ajuda a promover o debate sobre HIV/AIDS.

A campanha voltada para o público jovem conta com a participação de influenciadores digitais como Christian Figueiredo, Niina Secrets e T3ddy que terão como missão incentivar a realização do teste de diagnóstico da infecção.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O Teste na Testa possui um website, no qual a população terá acesso a conteúdos segmentados para quem fez ou não fez o teste, com informações específicas para cada perfil.

Portanto, quem já tiver feito o teste para detecção do vírus será conscientizado sobre a relevância da testagem contínua e locais onde procurar orientação. E quem nunca realizou o exame, encontrará conteúdos sobre onde pode realizá-lo e a importância do diagnóstico precoce.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Portanto, quem já tiver feito o teste para detecção do vírus será conscientizado sobre a relevância da testagem contínua e locais onde procurar orientação. E quem nunca realizou o exame, encontrará conteúdos sobre onde pode realizá-lo e a importância do diagnóstico precoce.

Além disso, a ação tem como propósito criar um movimento nas redes sociais, estimulando a testagem para o HIV. Por meio do website também será possível a participação de qualquer pessoa através da personalização da foto do usuário com o filtro da campanha para compartilhamento nas redes sociais.

A campanha Teste na Testa foi criada para apoiar o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e a meta 90-90-90. Essa meta é de que, até o ano de 2020, 90% das pessoas vivendo com HIV sejam diagnosticadas, 90% destas estejam em tratamento e, daquelas em tratamento, 90% estejam com a carga viral suprimida.

O que é o HIV?

HIV é a sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana (human immunodeficiency virus), que é o causador da AIDS. O HIV é uma infecção sexualmente transmissível (DST), que também pode ser contraída pelo contato com o sangue infectado e de forma vertical, ou seja, a mulher que é portadora do vírus HIV o transmite para o filho durante a gravidez.

De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil foram notificados 842.710 casos de 1980 a junho de 2016. O país teve ainda uma média de 41,1 mil casos de aids nos últimos cinco anos, segundo dados do Boletim Epidemiológico de Aids 2016.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os dados mostram ainda um crescimento da doença entre jovens e idosos. O Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais aponta que a taxa de infectados teve um forte aumento no intervalo de 2006 e 2015 entre pessoas com 15 e 19 anos e de 20 a 24.

Entre idosos, foi registrado um aumento de 29,4% nos casos registrados entre 2014 para 2015. Em 2014, foram 771 novos casos, em 2015 foram 998 e, até junho de 2016, 437 novos casos.

Cerca de 830 mil pessoas têm HIV no Brasil, mas só 694 mil delas sabem que vivem com o vírus. Entretanto, esse número já representa o aumento de 18% no comparativo entre 2012 e 2016. Além disso, no ano passado 72% das pessoas estavam tratando a doença, número significativo se pensar que em 2012 apenas 62% delas se tratavam.