PUBLICIDADE

Reação a remédio leva Kayky Brito ao hospital: o que fazer?

Ator passou o Natal internado ao lado da irmã, Sthefany Brito, após sofrer uma forte alergia medicamentosa: veja o que fazer nesses casos

O ator Kayky Brito, de 31 anos, passou a noite de Natal internado após sofrer uma forte alergia medicamentosa. O caso foi divulgado por sua irmã, a também atriz Sthefany Brito, de 32 anos, pelas redes sociais.

No Instagram, Sthefany contou que, ao chegar para a festa natalina de sua família, se deparou com o irmão queixando-se de muita dor no joelho. Os familiares, então, ofereceram um analgésico ao ator e, dois minutos após ingerir o remédio, Kayky começou a ficar com as pálpebras inchadas.

Kayky Brito passa o Natal em hospital devido à alergia medicamentosa - Foto: Divulgação/TV Globo
Kayky Brito passa o Natal em hospital devido à alergia medicamentosa - Foto: Divulgação/TV Globo

A irmã suspeitou de terçol e decidiu auxiliá-lo com uma compressa de soro na região dos olhos. Porém, ela logo percebeu que a boca do irmão também estava inchada e ele passou a reclamar de dor na garganta.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ao notar que Kayky estava sofrendo uma reação ao remédio, a família o levou com urgência ao hospital mais próximo. Diagnosticado com alergia medicamentosa, o ator foi devidamente medicado com antialérgico e ainda realizou um raio-X para verificar o motivo das dores no joelho.

Alergia medicamentosa: sintomas

Alergia medicamentosa é qualquer reação adversa (e não intencional) a um remédio. Geralmente, ocorre quando o sistema imunológico entende o medicamento como uma substância danosa ao corpo, atacando-o.

Uma alergia medicamentosa pode se manifestar de diversas formas, apresentando sinais na pele, nos rins, no fígado e até nos pulmões. Portanto, os sintomas mais comuns da reação são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As reações a remédios podem levar, ainda, a problemas mais sérios, como: perda de consciência, convulsões, ataque cardíaco e insuficiência respiratória. Afinal, a alergia medicamentosa pode se tornar uma anafilaxia (reação alérgica grave), resultando em coma ou até mesmo levando à morte.

Por isso, é importante sempre seguir à risca as orientações de um médico e nunca se automedicar. Somente um profissional pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como identificar a alergia a remédios

As reações alérgicas a remédios podem ocorrer, normalmente, de três maneiras distintas:

Portanto, é importante ficar atento a qualquer um dos sinais apontados acima, principalmente, ao longo de 48 horas depois do consumo do medicamento - seja ele tomado por via oral, intravenosa ou intramuscular.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Perigos de alergias

Conheça todos os tipos e sintomas de alergias

Entenda por que alergias medicamentosas são raras

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Descubra os sinais do tipo mais perigoso de alergia