Fátima Bernardes revela câncer de útero em estágio inicial

Apresentadora da Globo descobriu um tumor após realizar uma série de exames de rotina

Fátima Bernardes surpreendeu seus fãs na noite da última quarta-feira (02) ao anunciar a descoberta de um câncer de útero. Em um texto publicado no seu perfil no Instagram, a apresentadora revelou o diagnóstico do tumor em estágio inicial após realizar uma série de exames de rotina.

Na mesma publicação, Fátima contou que deve se afastar de suas funções no programa que comanda na Rede Globo, o "Encontro com Fátima Bernardes", para a realização de uma cirurgia. Ela também aproveitou para explicar que está bem e agradecer as mensagens de carinho que tem recebido.

"Como sempre usei minhas redes com total franqueza e verdade, preferi eu mesma passar essa informação para todos que me acompanham. Enquanto isso, aproveito o aconchego dos meus pais, filhos, do meu amor e dos amigos próximos. E já agradeço pelo carinho, pelas boas energias de todos aqui. Logo, logo estarei de volta para nossos encontros", escreveu a apresentadora.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Câncer de útero

O câncer de útero pode ocorrer em diferentes partes do órgão, sendo que os tipos mais conhecidos são o câncer de colo do útero (região mais baixa do órgão) e o câncer de endométrio.

Além dessas duas categorias, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), há também o câncer de corpo de útero, que é uma forma menos comum de câncer uterino e ocorre na musculatura e no tecido de sustentação do órgão. No caso de Fátima Bernardes, a apresentadora não especificou exatamente onde está localizado o seu tumor.

Ainda segundo o INCA, mulheres de quaisquer faixas etárias estão suscetíveis ao câncer uterino, mas pessoas que se encontram na menopausa têm maior propensão ao desenvolvimento deste tipo de tumor. Outros fatores de risco são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Importância do diagnóstico precoce

A detecção em estágio inicial do câncer uterino, como aconteceu com Fátima, é um fato que corrobora para um tratamento de sucesso, segundo o INCA. O diagnóstico precoce pode ser feito em exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos quando há sintomas sugestivos da doença ou em exames de rotina.

Normalmente, os sintomas rastreados são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Independentemente da existência desses sinais, é essencial estar em dia com as consultas ginecológicas para conseguir rastrear qualquer anormalidade no organismo. Por isso, as mulheres devem manter uma frequência anual nas visitas ao médico e sempre realizar os exames solicitados pelos especialistas.

Saúde feminina

7 exames ginecológicos que toda mulher deve fazer

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

9 perguntas que são ignoradas na consulta médica

Sintomas da menopausa: descubra quais são e como tratar