Brasil já pode ter vacina contra COVID-19 em janeiro

Ministro da Saúde alegou que a campanha de vacinação no país pode ter início antes do fim do mês

Por meio de um pronunciamento em rede nacional realizado na última quarta-feira (6), Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, afirmou que o Brasil possui 354 milhões de doses asseguradas de vacinas contra o novo coronavírus.

Segundo Pazuello, 254 milhões das doses serão da vacina de Oxford com a AstraZeneca, enquanto as outras 100 milhões serão produzidas pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Ainda de acordo com o ministro, o país está em negociação com outros cincos laboratórios: Gamaleya/Sputnik V (Rússia); Janssen, Pfizer e Moderna (Estados Unidos); e Bharat Biotech/Covaxin (Índia).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Em seu comunicado, Pazuello afirmou que o Brasil conta com 60 milhões de seringas e agulhas disponíveis entre os estados e municípios, o que permite que a campanha de vacinação tenha início ainda em janeiro.

"Temos, também, a garantia da Organização Pan-Americana de Saúde [Opas] de que receberemos mais 8 milhões de seringas e agulhas em fevereiro, além de outras 30 milhões já requisitadas à Abimo [Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos], a associação dos produtores de seringas", disse o ministro.

Confira também

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)