1 pessoa perguntou:

Não consigo sentir prazer com pênis pequeno, isso é normal?

  • Respondido em 24/10/2017
    Geime Rozanski Psicologia - CRP 07/03417/RS
    Olá,

    O tamanho do pênis não inviabiliza o prazer.
    O prazer sexual não é obtido pelo pênis ou vagina ou clitóris ou próstata ...
    Sexo é antes de tudo uma questão de sentimento, de alma, de toque, de carícia, de delicadeza e não de fisiologismo.

    PUBLICIDADE
  • Respondido em 26/10/2017
    Dirk Belau Psicologia e Psicanálise - CRP 06/117170/SP
    Olá,

    em quê lhe ajudaria se fosse normal? Se fosse "normal," você faria o quê? Mudaria de parceiro? Será que você está procurando apoio para mudar de parceiro? Ou você está preparada para pôr em questão os seus sentimentos? Para este caso quero explicar melhor.

    A cultura na qual estamos vivendo, e dentro da qual fomos educados, nos ensina -- e repete o tempo todo -- que seres humanos tem mais ou menos valor e que é bom estar com aqueles que tem mais valor. Os critérios para atribuir mais ou menos valor a uma pessoa são múltiples, mas são alguns que prevalecem. Dentre eles é, no caso dos homens, a virilidade, e ela é se expressa, entre outras coisas, pelo tamanho do pênis. Que este julgamento seja errado, quase todo mundo sabe, mas mesmo assim, o tamanho do pênis conta. Como se fosse um símbolo, um indicador de virilidade. Os seus sentimentos estão bem em conformidade com esta nossa cultura. Neste sentido, são "normais." No entanto, nas relações íntimas (o tamanho do pênis de alguém deveria ser conhecido só nas relações íntimas) as coisas não precisam funcionar assim. Se funcionam assim, é a prova de que está faltando intimidade. Procure conhecer melhor o seu parceiro para você poder apreciar a pessoa como um todo. Se vocês não combinam -- isto sempre é possível -- provavelmente não é por causa do tamanho do pênis.

    Um conselho prático, quase técnico, pode caber (me desculpe se estou dizendo coisas que já sabe): não fique passiva esperando que o pênis do seu parceiro lhe satisfaça. Procure seu prazer ativamente. Dê-se conta do que é que ele precisa para sentir prazer. Você vai sentir prazer também por causa do prazer dele. Obviamente, o mesmo conselho vale para ele, se está precisando.

    PUBLICIDADE