valeria perguntou:

Síndrome do pânico causa mal estar diário?

  • Respondido em 11/07/2014
    Dra. Evelyn Vinocur Psiquiatria - CRM 303514/RJ
    especialista minha vida
    Olá,

    Sim, a síndrome do pânico causa profundo mal estar diário que pode durar até muitos anos da vida da pessoa caso ela não receba o diagnóstico e o tratamento adequados.
    O pânico se caracteriza por crises inesperadas de medo e desespero. A pessoa tem a impressão de que vai morrer naquele momento de um ataque cardíaco, porque o coração dispara, sente falta de ar e tem sudorese abundante.
    Quem padece de síndrome do pânico sofre durante as crises e ainda mais nos intervalos entre uma e outra, pois não faz a menor ideia de quando elas ocorrerão novamente, se dali a cinco minutos, cinco dias ou cinco meses. Isso traz tamanha insegurança que a qualidade de vida do paciente fica seriamente comprometida. A ansiedade patológica é desproporcional ao contexto.
    Com o passar do tempo, as crises vão se repetindo de maneira aleatória. Não prever quando podem surgir novamente gera uma ansiedade chamada de antecipatória. A pessoa fica preocupada com o fato de que os sintomas possam aparecer numa situação para a qual não encontre saída nem ajuda, como dentro de elevadores, metrô, aviões, salas de espera.
    Se ele evitar esses lugares a partir dessa experiência, desenvolverá uma segunda doença, a agorafobia, um quadro fóbico provocado pelo pânico não tratado, que se caracteriza por fugir de situações nas quais uma crise de pânico possa representar perigo, causar embaraça ou a sensação de estar preso numa armadilha.
    Geralmente os pacientes com pânico sofrem mais pela agorafobia do que pelo pânico em si. É o medo do medo. “Quem sofre da síndrome do pânico tem a preocupação persistente de ter novos ataques”. A pessoa sem tratamento pode ficar anos da vida em total confinamento.
    Durante a crise, que tem seu ápice em 10 minutos, pelo menos quatro dos seguintes sintomas se manifestam:
    • Palpitação
    • Taquicardia
    • Suor em excesso
    • Tremor
    • Náusea
    • Tontura
    • Sensação de não conseguir respirar
    • Medo de perder o controle
    • Medo de morrer, ficar louco, enfartar
    • Desrealização
    • Despersonalização

    PUBLICIDADE