ines perguntou:

Tenho edema de reinke de terceiro grau, , tem cura?

  • Respondido em 23/06/2015
    Wânia Regina Lima Fonoaudiologia - CRFa 0140-6/RJ
    Olá,

    O Edema de Reinke é uma alteração organofuncional das pregas vocais, apresenta características edematosa (inchaço) devido ao acúmulo difuso de líquidos na mucosa livre das pregas vocais, podendo ser unilateral (em uma única prega vocal) ou bilateral, causando uma alteração significativa na produção da voz.
    Esta alteração é causada por irritação crônica das pregas vocais, e a literatura relaciona o Edema de Reinke ao tabagismo e ao fonotrauma mas, outros fatores hormonais ou infecciosos podem favorecer o surgimento da patologia.
    Na maioria dos casos a conduta é cirúrgica para remoção do edema e posteriormente tratamento fonoaudiológico para o reequilíbrio da função fonatória.

    PUBLICIDADE
  • Respondido em 24/06/2015
    Tainá Ferreira Fonoaudiologia - CRFa 2-17529/SP
    especialista minha vida
    Olá,

    O edema de Reinke é caracterizado pela expansão, inchaço e edema generalizado das pregas vocais, que traduzem a presença de uma laringite crônica. Uma das principais causas do edema é o fumo e por esse motivo, parar de fumar é extremamente importante para que o tratamento seja efetivo!
    O médico otorrinolaringologista, após avaliação, determinará o tratamento adequado que pode envolver medicamentos, terapia fonoaudiológica, ou cirurgia seguida de terapia quando se tratar de um edema grande.
    É importante que se conheça as causas e siga o tratamento adequado. Em todos os casos a fonoterapia é extremamente importante para que a reabilitação vocal seja satisfatória e ocorra mudança de hábitos como abuso vocal.

    Fonte:
    Fga. Laís Polezer - fonoaudióloga especialista em voz pelo Centro de Estudos da Voz e responsável pelos atendimentos de voz da Clínica Fono Porã

    PUBLICIDADE