1 pessoa perguntou:

É correto o uso de cloridrato de paroxetina para o tratamento de ejaculação precoce?

  • Respondido em 07/09/2016
    Dr. Marcos de Noronha Psiquiatria - CRM 4155/SC
    Olá,

    O quadro de ejaculação precoce tem sua origem emocional. Portanto o tratamento é psicológico. Um advogado especialista em problemas conjugais no Rio fez um samba cuja letra, numa determinada parte fala: ...dizem que ela vem da ansiedade... De fato, este componente esta associado e soma-se ao trauma que o portador do quadro passa a ter diante de uma relação sexual. Vários métodos tentando tirar a sensibilidade da glande são anunciados, desde spray de anestésicos sobre ela a manobras de apertar a glande antes da relação. Os anti-depressivos, como a paroxetina, abaixam a libido e pode ajudar. O uso de camisinhas tiram a sensibilidade e pode ser uma opção. Na Europa e ainda não aprovado no Brasil, temos a dapoxetina que promete diminuir a ansiedade e colaborar com o tratamento. Os ejaculadores precoces esforçam-se em desviar o pensamento durante o ato para diminuir a tesão. Eu recomendo um tratamento com sexólogo.

    PUBLICIDADE