PUBLICIDADE

Varizes: o que são, sintomas e como tratar

Visão Geral

O que é Varize?

Varizes são veias com tortuosas, dilatadas e insuficientes. Qualquer veia pode ficar varicosa, mas é mais comum as varizes afetarem as pernas e pés – isso porque ficar em pé parado ou assentado por longos períodos aumenta a pressão nas veias da parte inferior do corpo.

Para muitas pessoas, as varizes e vasinhos (uma variação mais leve de varizes) são uma preocupação puramente estética. Para outras pessoas, varizes podem causar dor, desconforto e até mesmo problemas mais graves, como aumentar o risco de doenças circulatórias. O tratamento pode envolver medidas de autocuidado ou procedimentos para fechar ou remover as veias.

Varizes pélvicas

Varizes pélvicas são veias dilatadas, tortuosas e insuficientes que aparecem na região da pelve. Surgem principalmente ao redor dos órgãos femininos: útero, trompas e ovários.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Varizes esofágicas

Varizes esofágicas são veias de calibre aumentado no esôfago, que por sua vez é um órgão em forma de tubo que liga a garganta ao estômago. As varizes de esôfago podem ser isoladas ou atingir também o estômago. Além disso, elas podem ser de fino ou grosso calibre – a depender da gravidade.

Varizes internas

De acordo com o cirurgião vascular Ivan Casella, o sistema de veias das pernas pode ser dividido em dois grupos: o superficial e o profundo, este último situado entre os músculos das pernas e dentro destes. Essas veias podem tornar-se dilatadas e incompetentes, mas o termo "varizes internas" não é correto.

Causas

Varizes são veias dilatadas que geralmente ocorrem na parte mais superficial da pele. A causa mais comum de varizes é a influência genética, uma vez que existe forte predisposição familiar. Pode-se herdar veias mais frágeis que com a idade e fatores de risco predispõem ao aparecimento das varizes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Menos comumente, as varizes podem ser um sinal de um problema mais grave que pode, por vezes, precisar de tratamento. Estes problemas graves podem incluir:

Fatores de risco

Os fatores que aumentam o risco de desenvolver varizes incluem:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sintomas

Sintomas de Varize

As varizes podem não apresentar sintomas além de do aparecimento de veias tortuosas, dilatadas e azuladas logo abaixo da pele. Se você apresentar sintomas de varizes, eles podem incluir:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os sintomas mais graves de varizes são:

Os sintomas de varizes pode se tornar mais graves alguns dias antes e durante o período menstrual.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Alguns cuidados, como fazer exercícios, elevar as pernas ou usar meias de compressão, podem ajudar a aliviar a dor das varizes e impedir complicações. Mas, se os sintomas não passarem após essas medidas ou há preocupação com relação às complicações das varizes, busque ajuda médica.

Especialistas que podem diagnosticar e acompanhar varizes são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico de Varize

As varizes geralmente são diagnosticadas fazendo apenas uma análise da pele e aparência das veias. Durante o exame físico, o médico ou médica irá examinar suas pernas, pés ou quaisquer outras áreas afetadas. Ele ou ela vai buscar sintomas inchaço, alterações na cor da pele, úlceras e outros sinais de ruptura da pele. Para estudar o fluxo de sangue, você pode precisar mover suas pernas em posições diferentes.

Se há suspeita de varizes, após um bom exame clínico você poderá fazer um exame de ultrassom Doppler Colorido Venoso de Membros inferiores.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Varize

Para a maioria dos casos, as varizes podem ser tratadas com medidas de autocuidado, tais como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Meias de compressão também podem ser usadas para o controle das varizes. Elas fazem uma compressão mais forte no tornozelo que vai diminuindo em direção à coxa ajudando a direcionar o retorno do sangue venoso de volta ao coração. A quantidade de compressão varia por tipo e marca. Ao comprar meias de compressão, certifique-se de que elas sirvam corretamente. Meias de compressão devem ser fortes, mas não necessariamente apertadas.

Além destas medidas básicas, pode ser que precise fazer um desses tratamentos:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As varizes que se desenvolvem durante a gravidez geralmente melhoram sem tratamento médico dentro de três a 12 meses após o parto.

Como tratar varizes

Medicamentos para Varize

Os remédios mais usados para o tratamento de varizes são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Se você tem varizes, é possível controlar o problema e evitar complicações com medidas simples:

Varizes superficiais às vezes podem causar problemas leves, como hematomas ou hemorragias. Pequenos coágulos de sangue podem se formar ocasionalmente nas veias superficiais (flebite superficial). A maioria destes problemas pode ser tratado de forma segura em casa.

Complicações possíveis

Complicações das varizes incluem:

Prevenção

Prevenção

Não é possível evitar totalmente o aparecimento de varizes. No entanto, é possível melhorar a circulação e reduzir o risco de desenvolver complicações. As mesmas medidas que tratam o desconforto das varizes podem ajudar a prevenir o problema. Veja:

Referências

Revisado por: Dr. Bruno Naves, diretor de Publicações da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) – CRM: 13800